Mastite purperal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1347 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Mastite Puerperal

Fisiologia das Mamas.
As mamas são órgãos pares, situados na região peitoral. Apresenta no revestimento cutâneo da zona central, uma área circular hiperpigmentada denominada aréola e uma pequena saliência mediana conhecida como mamilo. Todo corpo o mamário é suspenso por fascículos conectivos fixados a fascia do músculo peitoral maior.
O corpo mamário é um sistema complexoformado por glândulas mamarias gordura e tecido conjuntivo. No meio deste complexo encontra-se um conjunto de unidades funcionais conhecidas como lóbulos mamários, que são representados por ductos. Estes ductos se abrem nos mamilos na forma de poro mamilar, com calibre reduzido, cada um cerca de 0,5mm de diâmetro, e são responsáveis pela saída do leite pelo mamilo. Antes de alcançar o mamilo,estes ductos formam ampolas que servem para armazenar todo o leite produzido nos intervalos entre as mamadas.
As mamas iniciam seu desenvolvimento na puberdade. O hormônio responsável pelo crescimento das mamas é o estrogênio. Este hormônio atua sobre a parte glandular das mamas e no deposito de gordura. Promovendo o aumento dos lóbulos mamários. Mas é no período da gravidez, que este hormônio ésecretado com mais intensidade para agir no crescimento e ramificação dos ductos das mamas para a produção de leite.




Leite materno
O leite materno é o alimento ideal para o recém-nascido e o lactante e nenhum outro alimento poderá substituí-lo com vantagem. Ele é completo e como alimento para lactantes é fundamental e a melhor opção de alimento tendo em vista as necessidades nutricionais eparticularidades fisiológicas do metabolismo da criança. Isso significa que até os 6 meses de vida o bebê não precisa de nenhum outro alimento. A amamentação forma uma base biológica e emocional tanto para a saúde da mãe quanto a criança.
O estimulo principal é a sucção do bebê, que envia mensagem ao cérebro (hipotálamo), que secreta o hormônio prolactina. A prolactina atinge a correntesanguínea e os alvéolos estimulando as células secretoras de leite para a produção. A ocitocina é o hormônio responsável pela ejeção do leite.
Nos primeiros dias após o parto, o leite da mãe é conhecido como colostro, um fluido amarelo e viscoso, com alto teor de proteínas, minerais e imunoglobulinas. Também apresenta baixa concentração de gordura e alta concentração de lipídeos. Após o sétimo dia, ocolostro tem sua composição modificada com o aumento da lactose e gorduras e diminuição das imunoglobulinas, até atingir as características de leite maduro.



Conceito
É uma inflamação da glândula mamaria, causada pelo acumulo de leite e acontece com maior freqüência no pós-parto , principalmente na primeira gestação, as vezes pode se transformar em infecção. A mastite pode ocorrer em uma mamaou nas duas e as característica são mamas vermelhas, endurecidas, doloridas, quentes e ficam inchadas. É chamado “leite empedrado”. Com o leite não consegue passar, ele se acumula e causa inflamação e inchaço no local.
Entre os sinais da mastite estão calafrios, febre acima de 38,5 C° e cansaço generalizado. Na maioria dos casos, esses sintomas não se devem a uma infecção por bactérias, e simpela entrada do leite nos vasos sanguíneos dos seios, fazendo com que o corpo trate a substancia como uma “proteína estranha”, que precisa ser combatida.
As principais causas da mastite puerperal são a estase lática, causada por uma remoção ineficiente do leite e infecção, com uma maior prevalência do Staphylococcus aureus como agente infeccioso em até 50 a 60% dos casos, dentre outrosmicroorganismos (estreptococos fecal e B-hemolítico, pela Escherichia coli, Klebsiella pneumniae, Bacteroides fragilis, Streptococcus agalactiae e pelo enterococo.


Etiologia
Ingurgitamento ou extração insuficiente de leite materno.
Hiper-produção de leite
Mamadas ineficazes
Amamentação com horários estabelecidos
Uso de mamilos de silicone, etc;
Mamadas insuficientes ou saltar uma mamada (devido...
tracking img