Marketing

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (350 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Livro: Administração estratégica de vendas e canais de distribuição.
Autor: José Luiz Tejon Megido.
Paginas: 19 e 20
1)Assim, marketing segundo Kotler (1998,p.27) “é um processo social egerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com outros”, é hoje ferramenta fundamental para fazer com que uma empresacontinue atuando em determinado mercado.
Kotler afirma que, atualmente, existem cinco orientações para as empresas: os conceitos de produção, de produto, de venda, de marketing societal.
2) Peppers eRogers(1994) apresentam uma nova forma de encarrar o mercado. Marketing um a um, segundo os autores, é um novo conceito que implica a capacidade que a empresa deve ter para atender seus clientes demaneira individualizada e , assim, devolver um relacionamento duradouro com eles.
Segundo Peppers e Rogers(1994,p.11)
“a tarefa do profissional de marketing sempre foi a de distinguir o produto de formaque agrade ao maior numero de consumidores possível(...). Como profissional de marketing individualizado, a preocupação não é vender um único produto ao maior numero de clientes possível. Aocontrario, a ideia é vender a um único cliente o maior numero de produtos possível-durante um longo período de tempo, e diferente linhas de produtos.
Portanto, marketing um a um passa a ser uma poderosa armana disputa pelo consumidor, canais de distribuição , fornecedores etc...

Livro: Administração de Marketing.
Autor: Michael J.Baker.
Pagina: 4
Todavia, nada nesse preâmbulo ataca a questãocentral: “o que é marketing”, Exceto, talvez para sugerir que o marketing é uma disciplina que começou a aparecer recentemente e que inextricavelmente ligada á manufatura. Mas essa última ligação é deextrema importância porque, no excesso evangélico da sua proposição original no inicio da década de 1960, o marketing já desenvolveu autoconfiança suficiente para perceber que não é necessário “golpear”...
tracking img