Marketing cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 141 (35015 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
[pic]

[pic]

Marketing Esportivo e Cultural










Professora: Lucieide Limirio


Goiânia-GO/2011.2


[pic][pic]

[pic]

Marketing Esportivo



[pic]






Professora: Lucieide Limirio


Goiânia-GO/2012.1

1 Origem do Marketing Esportivo

Alguns historiadores dizem que a origem do marketing esportivo deu-se na Grécia e Roma Antiga, quando os cidadãos ricosapoiavam os festivais de atletismo e os aristocratas patrocinavam gladiadores no coliseu de Roma, tudo na tentativa de conquistar a simpatia do público.
Já outros historiadores dizem que a origem do Marketing Esportivo, data do início do século XIX, mas tornou-se mais conhecido quando em 1921 a Hillerich & Bradsby (H&B), fabricante do taco de beisebol Louisville Slugger implementou um planode marketing e se tornou líder na produção de tacos de beisebol. (Fundamentos de Marketing Esportivo, Brenda G. Pitts & David K. Stotlar, Phorte Editora, página 49).
O mais reconhecível de marketing esportivo se deu após os primeiros Jogos Olímpicos em 1986 onde foram financiados de forma privada por selos, venda de ingressos, medalhas comemorativas e publicidade de programas. O patrocínionão foi visto como ferramenta de marketing até os anos 1950.
Em 1960, as atividades do marketing esportivo estavam voltadas, sobretudo para os principais eventos esportivos, como as Olimpíadas, até o fim da década de 1960. As organizações esportivas começaram a reconhecer que praticas de negócios mais eficientes e tradicionais eram necessárias para se ter sucesso, com o marketing. Nessa épocamuitos governos da Europa, dos Estados Unidos e da Austrália baniram as propagandas de cigarros da televisão e rádio. O que obrigou tais empresas a busca a arena esportiva para exposição a seus mercados. Isso gerou um impulso substancial de tênis, corridas automobilísticas. Mais recentemente, essa opção foi vetada, proibiram todo o patrocínio de eventos esportivos por empresas de cigarros.Em 1984 nas Olimpíadas de Los Angeles houve a transformação do atletismo como um negócio patrocinado e empregando conceito de definição de preços, esforços de merchandising e mesmo modificações de produtos com base no mercado, com os uniformes dos atletas e a cobertura televisiva dos eventos determinados por sua negociabilidade em termos de atração de público espectador e de comparecimento. Ela foià primeira olimpíada a depender totalmente do dinheiro da iniciativa privada, principalmente de patrocínios e a primeira a ter lucros, depois disso o esporte olímpico foi verdadeiramente reconhecida por seu valor comercial.
No Brasil, começou no início do Século XX e no futebol deste mesmo período já saiam anúncios nos jornais e revistas de empresas que vinculavam suas imagens aos esportes emascensão daquela época. Na década de 70 e início dos anos 80 (explosão do vôlei, sendo o segundo esporte mais praticado no país) a transformação do esporte brasileiro incentivou que as empresas investissem nos esportes em busca de retorno publicitário e vendas.
Acreditamos que um dos fatores que explicam o sucesso do marketing esportivo é o fato do empresariado ter descoberto que o investimento ematividades não relacionadas diretamente à atividade fim da empresa passou a ocupar um papel estratégico e decisivo no mercado, de tal modo que a influência que o marketing esportivo exerce no comportamento do público e consumidores, em relação à empresa, ajudando a construir uma imagem vitoriosa e de sucesso, passou a ser rigorosamente considerado no planejamento estratégico das empresas em...
tracking img