Mari

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1186 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Relações Étnico-Raciais no Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana Teleaula 1
Profa. Dra. Marcilene Garcia de Souza Grupo Uninter

Ementa da Disciplina
Contextos e conceitos históricos sobre as relações raciais no Brasil para o ensino de História da África, Cultura Africana e Afro-brasileira Os desafios nas relações raciais no Brasil

Desigualdade racial no Brasil Aimportância da valorização da diversidade étnico-racial na educação das relações étnicoraciais As ações afirmativas na educação

Conceitos Básicos

• Características das relações raciais

Escravidão
Instituição e prática sociocultural e político-econômica que estrutura relações sociais e práticas de dominação ao longo da história dos diferentes povos Instituída a partir de estratégias de poder,ideologias e interesses sociais, econômicos, políticos, culturais

Escravo
O conceito de escravo tem o sentido de reduzir uma realidade histórico-cultural ao estado de natureza. Natureza imutável (mantém a escravidão no imaginário social das populações) como se esta fosse naturalmente característica do homem (ou grupo) que foi escravizado

1

Escravizado
O conceito de escravizado surgiu nobojo da constituição do Império Romano, em que as populações eram submetidas à condição de inferioridade e subalternidade diante de um poder opressor. É preciso enfatizar que há diferentes formas de escravização que não devem ser confundidas Há distinções entre o que ocorreu no Egito, na Babilônia, na Grécia, em Roma, nas Américas e na África. Muitos destes processos são instituições escravistas,mas feudal e de cativeiro, por exemplo

. . . .

Escravizado na África
Não era desumanizado (coisa). Era um cativo. A etnia vencedora poderia, inclusive, assimilar os valores culturais dos escravizados (religião, língua etc.). Em alguns casos os escravizados poderiam se tornar reis, se casar com um “não escravo”, podendo fazer parte da família, e herdar os bens do senhor

Escravizado nasAméricas
A realidade escravista, edificada nas Américas e na Europa, transformou o cativo em escravo (coisa que fala, peça que podia ser comprada e vendida, com destituição de patrimônio, religião, nome, língua e negação do ser etc.)

Negro
É preciso lembrar, ainda, que o conceito de escravizado vem sendo utilizado com o sentido de marcar uma condição histórica pela qual passaram os negrosConstruída fora do Continente Africano na diáspora para caracterizar a diferença do outro. No Brasil os africanos e seus descendentes eram chamados de “pretos”, de “negros”, mas também de “cidadãos de cor”

2

Para José Correia Leite o termo “preto” era utilizado pelos escravocratas para designar os “escravos dóceis” e o “negro” para os que resistiam a escravidão (revoltosos, fujões)

O MovimentoNegro brasileiro tenta construir a positividade em torno da categoria “negro” como signo de “resistência” • Exemplo: nos EUA o termo “nigger” (negro) é visto como pejorativo Frases: • “Aquele negro é lindo” (positivo) • “Tinha que ser negro!” (pejorativo)

Afro-brasileiro
Surge na Década de 1970 e é difundido na Década de 1980. Está vinculado à origem e a cultura africana e ao território denascimento do indivíduo, marcando, portanto, uma situação sociocultural e com viés identitário

Afrodescendente
É um conceito mais abrangente, pois está vinculado ao continente africano como lugar de origem e de vinculo identitário

Pardo
No Brasil, o termo passou a ser mais visível a partir da Conferência Mundial de Combate ao Racismo (Durban, África do Sul) em 2001. O consenso não foi o termo“negro” e sim o “afrodescendente” para fins de políticas de ação afirmativa Esta categoria, apesar de utilizada há décadas pelo IBGE, era praticamente inexistente no imaginários das pessoas. Atualmente, em função dos programas de ações afirmativas para negros (pretos e pardos), elas estão aparecendo mais. Mas, em muitos caso como estratégia de fuga de assumir-se como sendo “negro”

3...
tracking img