Marcos da pscologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1877 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Linha do Tempo - História da Psicologia
LINHA DO TEMPO DA HISTÓRIA DA PSICOLOGIA Trabalho realizado para a disciplina de História da Psicologia, da UNISINOS.


Pesquisar este blog

tecnologia


Este Blog Link daqui


Este Blog


Link daqui


sexta-feira, 25 de junho de 2010Enfim: a psicologia está hoje, como desde o início, dividida entre diferentes linhasde pensamento






Link interessante sobre a História da psico no RS:

http://www6.ufrgs.br/museupsi/cronogeral.htm


Download de Jornal pdf sobre História da Psicologia no Brasil:



http://www.megaupload.com/?d=9XU64PHB


Bibliografia:

Textos introdutórios da Disciplina História da Psicologia

Psicologia - Uma (nova) Introdução - FIGUEIREDO, L.C.M. e SANTI, P.L.R.Duane P. Schultz & Sydney E. Shultz - História da Psicologia Moderna - Cutrix - 10ª. Edição
Linda L. Davidoff - Introdução à Psicologia - SP - McGraw-Hill do Brasil - 1983

Sites e blogs da internet



Postado por Betta às 02:46 Nenhum comentário: Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut
Marcadores: imagem linha do tempo historia dapsicologia
A ERA DAS ESCOLAS... Gestalt, Behaviorismo, Psicanálise



GESTALT


Partindo de um arcobouço de informações sobre a neurofisiologia da percepção(Koehler), e somando-se ao método fenomenológico (de Husserl e Merlau-Ponty) e a pressupostos da filosofia existencialista (Sartre), nasce a Gestalt (palavra em alemão que significa “Configuração”).









BEHAVIORISMOPartindo de pressupostos da Filosofia Positivista, o Behaviorismo se consolida como a primeira escola organizada (posterior a Psicofísica de Wundt), usando parcialmente o método científico (pois não teoriza), e propõe-se a estudar o comportamento humano, partindo de uma visão atomista pela qual o homem é produto e produtor de condicionamentos, e seu comportamento é um emaranhado aprendido derespostas associadas a estímulos ambientais. Estuda tão somente o comportamento observável e quantificável (positivismo). Figura em vários campos de atuação, desde o educacional ao clínico. Tem por criadores e expoentes Watson e Skinner.

B.F. Skinner (1904-1990)












A psicologia cognitivista de Piaget e a psicanálise freudiana


Outra proposta de psicologia científica foidesenvolvida pelo psicólogo suíço J. Piaget (18961980). Ao lado dessa proposta, com um desenvolvimento totalmente independente, com outros pontos de partida e outras finalidades, encontramos a psicanálise concebida e desenvolvida por S. Freud (1856‑1939).







PSICANÁLISE

Considerada por muitos não como um escola psicológica, mas como algo a parte de toda a Psicologia. Criada peloneurologista Sigmund Freud no início do século XX, parte do pressuposto da existência de um compartimento da alma chamado “inconsciente”, que determina a vida psíquica do sujeito, sendo parcialmente acessível. O inconsciente freudiano é de natureza iminentemente sexual, sendo a libido a força motriz da alma. Freud criou teorias como o Complexo de Édipo, as Tópicas da Alma (divisões dessa eminconsciente, pré-consciente e consciente, bem como em ego, id e super-ego) e um método baseado na análise e hermenêutica de sonhos, atos falhos, etc. A psicanálise conta com diversos dissidentes, que alteraram em vários pontos e níveis as idéias de Freud. Dentre os quais se destacam Jung, Adler, Reich, etc. Trata-se de uma escola inerentemente clínica.













PSICOLOGIA COGNITIVISTA DEPIAGET




Piaget, ex‑biólogo, estuda o desenvolvimento das funções cognitivas (da inteligência) e da moralidade (da capacidade de julgar e comportar‑se moralmente) pelo chamado "método clínico". Ele observa o comportamento de crianças e pede a elas que descrevam o que estão fazendo; pede, também, que justifiquem o que e como estão fazendo, propõe a elas algumas tarefas para desenvolverem,...
tracking img