Manual de controlo interno - disponibilidades

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3959 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Manual de Controlo Interno Disponibilidades


Susanna Marques
Curso: Contabilidade e Fiscalidade
Unidade Curricular: Controlo Interno

Índice

| Páginas |
1. Introdução | 4 |
2. I Grupo: | |
3.1. Apreciação Crítica das Certificações Legais de Contas | |
3.2.1. Empresa Compta Equipamentos e Serviços de Informática, SA | 5 |
3.2.2. EmpresaRentipar Investimentos, SGPS, SA | 6 |
3.2.3. Empresa Ren, SGPS, SA | 7 |
3. II Grupo | |
4.2. Conceito de Controlo Interno | 8 |
4.3. Objetivos do Controlo Interno | 8 |
4.4. Componentes do Controlo Interno | 8 |
4.5. Aspetos Gerais do Manual de Controlo Interno | 9 |
4.6. Controlo da Conta 11 – Caixa | 10 |
4.7. Controlo da Conta12 – Depósitos à Ordem | 10 |
4.8. Controlo da Conta 13 – Outros Depósitos Bancários | 10 |
4.9. Controlo da Conta 14 – Outros Instrumentos Financeiros | 11 |
4.10. Medidas de Controlo Interno | 11 |
4.11. Procedimentos de Controlo | 13 |
4.12. Objetivos de Auditoria | 14 |
4. Conclusão | 15 |
5. Bibliografia | 16 |
6. Anexos | |7.13. Anexo 1 – CLC 2008 (Compta) | 17 |
7.14. Anexo 2 – CLC 2009 (Compta) | 19 |
7.15. Anexo 3 – CLC 2010 (Compta) | 21 |
7.16. Anexo 4 – CLC 2008 (Rentipar) | 24 |
7.17. Anexo 5 – CLC 2009 (Rentipar) | 26 |
7.18. Anexo 6 – CLC 2010 (Rentipar) | 28 |
7.19. Anexo 7 – CLC 2008 (Ren) | 30 |
7.20. Anexo 8 – CLC 2009 (Ren) | 36 |7.21. Anexo 9 – CLC 2010 (Ren) | 38 |

1. Introdução

Para as empresas é importante o alcance dos objetivos estabelecidos, e para isso teremos de ir ao encontro do conceito de controlo interno, pois este irá aumentar as probabilidades de os atingir.
Os Manuais de Controlo Interno tem a principal função de evitar situações que não sejam benéficas para as organizações, ou seja, impedirsituações de abuso de poder, de erro, de fraude e, fundamentalmente, de situações de ineficiência. Tal é pretendido para que as organizações consigam acautelar os seus ativos e seja possível conhecer a realidade da organização, tendo assim acesso a informações relevantes, como por exemplo as informações constantes nas demonstrações financeiras.
Este trabalho tem como finalidade a análise crítica decertificações legais de contas de três entidades, de três anos consecutivos de cada uma delas, de modo a que possa ser realizada uma apreciação da evolução das mesmas. Neste trabalho, também, será possível compreender o conceito de controlo interno propriamente dito, pelo que iremos descrever os seus objetivos, características e as medidas no âmbito da área operacional a que o grupo de propôs refletir –as Disponibilidades.
As Disponibilidades compreendem os definidos Meios Financeiros Líquidos, pelo que estes estão inseridos nas contas 11, 12, 13 e 14, que se intitulam Caixa, Depósitos à Ordem, Outros Depósitos Bancários e Outros Instrumentos Financeiros, respetivamente. Existem outras contas que estão relacionadas com esta área operacional, de quais se destacam as seguintes:
661 – Perdaspor reduções de justo valor – Em instrumentos financeiros
6886 – Outros gastos e perdas – Perdas em instrumentos financeiros
771 – Ganhos por aumentos de justo valor – Em instrumentos financeiros
7884 – Outros rendimentos e ganhos – Ganhos em instrumentos financeiros
791 – Juros obtidos
792 – Dividendos obtidos

2. I Grupo
3.1. Apreciação Crítica das Certificações Legais deContas

3.2.1. Empresa: Compta - Equipamentos e Serviços de Informática, SA
* CLC 2008:
A certificação legal de contas da empresa Compta toma a forma de um relatório modificado. Este é modificado porque apresenta uma ênfase.
A ênfase em questão trata-se de uma chamada de atenção relativamente aos valores do capital próprio que se apresentam negativos. Nesta está referido os...
tracking img