Luto e melancolia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2876 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Luto e melancolia

“Luto e Melancolia”

“(...) O luto, de modo geral, é a reação à perda de um ente querido, à perda de alguma abstração que ocupou o lugar de um ente querido, como o país, a liberdade ou o ideal de alguém, e assim por diante. Em algumas pessoas, as mesmas influências produzem melancolia em vez de luto; por conseguinte, suspeitamos que essas pessoas já possuem uma disposiçãopatológica. Também vale a pena notar que, embora o luto envolva graves afastamentos daquilo que constitui a atitude normal para com a vida, jamais nos ocorre
considerá-lo como sendo uma condição patológica e submetê-lo a tratamento médico. Confiamos que seja superado após certo lapso de tempo, e julgamos inútil ou mesmo prejudicial qualquer interferência em relação a ele.

Os traços mentaisdistintivos da melancolia são:

Um desânimo profundamente penoso, a cessação de interesse pelo mundo externo, a perda da capacidade de amar, a inibição de toda e qualquer atividade, e uma diminuição dos sentimentos de autoestima a ponto de encontrar expressão em auto-recriminação e auto-envilecimento, culminando numa expectativa delirante de punição.

Esse quadro torna-se um pouco maisinteligível quando consideramos que, com uma única exceção, os mesmos traços são encontrados no luto. A perturbação da auto-estima está ausente no luto; fora isso, porém, as características são as mesmas”.mentos daquilo que constitui a atitude normal para com a vida, jamais nos ocorre considerá-lo como sendo uma condição patológica e submetê-lo a tratamento médico. Confiamos que seja superado após certolapso de tempo, e julgamos inútil ou mesmo prejudicial qualquer interferência em relação a ele.

Desta forma, fica entendido que:

A distinção fundamental entre “luto” e “melancolia” é que: o primeiro é sempre um processo, onde a causa (perda de investimento libidinal em relação a um objeto externo) nos é bem conhecida, e, até certo ponto, natural; enquanto que o segundo constitui-se em um estado-cujas causas são indefinidas – e que pode vir a desencadear um processo de luto.

Neste sentido, pode-se aferir que estados de melancolia podem provocar processos de luto, como uma tentativa do aparelho psíquico em solucionar o sofrimento existencial provocado por este estado mental peculiarmente doloroso.

Porém, no que consiste exatamente o trabalho de luto provocado por uma melancolia?Num dado momento de sua existência, a realidade passa a impor ao indivíduo um violento (e, muitas vezes repentino) corte emocional com o objeto amado. Entende-se, aqui, por objeto amado a pessoa na qual o indivíduo investia e direcionava a sua libido (energia psíquica direcionada a um objeto exterior), e que se manifestava através de alguma forma vínculo emocional. Desta forma, este corteemocional - direcionado a alguém que não mais existe -exige do indivíduo um esforço de reestruturação psíquica que se manifestará através de um profundo sentimento de dor e perda, sendo este o custo da resistência e da oposição do indivíduo à nova realidade que se lhe apresenta. Ademais, ainda na tentativa de estabelecer uma distinção mais clara entre “luto”e “melancolia”, segundo o próprio Freud, em“Luto e Melancolia”:

“No luto, verificamos que a inibição e a perda de interesse são plenamente explicadas pelo trabalho do luto no qual o ego é absorvido. Na melancolia, a perda desconhecida resultará num trabalho interno semelhante e será, portanto, responsável pela inibição melancólica. A diferença consiste em que a inibição do melancólico nos parece enigmática porque não podemos ver o que éque o está absorvendo tão completamente.
O melancólico exibe ainda uma outra coisa que está ausente no luto: uma diminuição extraordinária de sua auto-estima, um empobrecimento de seu ego em grande escala. No luto, é o mundo que se torna pobre e vazio; na melancolia, é o próprio ego.
O paciente representa seu ego para nós como sendo desprovido de valor, incapaz de qualquer realização e...
tracking img