Lixo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7745 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
oPedro Sérgio Fadini e Almerinda Antonia Barbosa Fadini
Os resíduos gerados por aglomerações urbanas, processos produtivos e mesmo em estações de tratamento de esgoto são um grande problema, tanto pela quantidade quanto pela toxicidade de tais rejeitos. A solução para tal questão não depende apenas de atitudes governamentais ou decisões de empresas; deve ser fruto também do empenho de cadacidadão, que tem o poder de recusar produtos potencialmente impactantes, participar de organizações nãogovernamentais ou simplesmente segregar resíduos dentro de casa, facilitando assim processos de reciclagem. O conhecimento da questão do lixo é a única maneira de se iniciar um ciclo de decisões e atitudes que possam resultar em uma efetiva melhoria de nossa qualidade ambiental e de vida. lixo,sociedade, resíduos urbanos, tratamento de lixo, programa R3

C

hamamos ‘lixo’ a uma grande diversidade de resíduos sólidos de diferentes procedências, dentre eles o resíduo sólido urbano gerado em nossas residências. A taxa de geração de resíduos sólidos urbanos está relacionada aos hábitos de consumo de cada cultura, onde se nota uma correlação estreita entre a produção de lixo e o poder econômicode uma dada população. O lixo faz parte da história do homem, já que a sua produção é inevitável. Para Teixeira e Bidone (1999), o lixo é definido de acordo com a conveniência e preferência de cada um. O IPT/CEMPRE (1995), define-o como restos das atividades humanas, consideradas pelos geradores como inúteis, indesejáveis ou descartáveis. Normalmente apresentam-se em estado sólido, semi-sólido ousemilíquido (com quantidade de líquido insuficiente para que possa fluir livremente). São também classificados como resíduos sólidos vários resíduos industriais, resíduos nucleares e lodo de esgoto desidratado, conforme aponta MataAlvarez et al. (2000). O lixo sempre acompanhou a história do homem. Na Idade Média acumulava-se pelas ruas e imediações das cidades, provocando sérias epidemias ecausando a morte de milhões
Cadernos Temáticos de Química Nova na Escola

de pessoas (Branco, 1983). A partir da devido a formas inadequadas de elimiRevolução Industrial iniciou-se o pronação (IPT/CEMPRE, 1995). Para cesso de urbanização, provocando um Bidone (1999), em um passado não êxodo do homem do campo para as muito distante a produção de resíduos cidades. Observou-se assim um vertiera dealgumas dezenas de quilos por ginoso crescimento populacional, favohabitante/ano; no entanto, hoje, países recido também pelo avanço da medialtamente industrializados como os cina e conseqüente aumento da expecEstados Unidos produzem mais de tativa de vida. A partir de então, os 700 kg/hab/ano. No Brasil, o valor méimpactos ambientais passaram a ter dio verificado nas cidades mais popuum grau demagnitude alto, devido aos losas é da ordem de 180 kg/hab/ano. mais diversos tipos de poluição, dentre A produção elevada de lixo norteeles a poluição gerada pelo lixo. O fato americano deve-se ao alto grau de iné que o lixo passou a ser encarado codustrialização e aos bens de consumo mo um problema, o qual deveria ser descartáveis produzidos e amplacombatido e escondido da população. mente utilizadospela maioria da popuA solução para o lixo naquele momento lação. No caso do Brasil, a geração do não foi encarada como algo complexo, lixo ainda é, em sua maioria, de propois bastava simplescedência orgânica; Países altamente indusmente afastá-lo, descontudo, nos últimos trializados como os Estados cartando-o em áreas anos vem se incorpoUnidos produzem mais de mais distantes dos rando o modo decon700 kg/hab/ano. No Brasil, centros urbanos, desumo de países ricos, as cidades mais populosas nominados ‘lixões’. o que tem levado a produzem algo como Nos dias atuais, uma intensificação do 180 kg/hab/ano com a maioria das uso de produtos despessoas vivendo nas cartáveis. cidades e com o avanço mundial da Sem dúvida, a associação do cresindústria provocando mudanças nos cimento populacional...
tracking img