Lingua espanhola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1285 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO................................................................................................2
TEXTO (A LINGUA ESPANHOLA, OU CASTELHANA)................................3
CONCLUSÃO.................................................................................................7REFERÊNCIAS..............................................................................................8

INTRODUÇÃO

Podemos ver no seguinte texto do trabalho, a utilização e o contexto histórico de uma das mais faladas línguas existentes no planeta: “O Espanhol”, também conhecido como “Castelhano”.
É valido ressaltar que sua suma importância é o fato incontestável, a ponto de ser notório a grandeza de que ela é usada, por exemplo, em artigos, e produtos deexportação. Pois é hoje o que podemos dizer, “o segundo maior elo da comunicação universal”. Língua de origem latina mais utilizada em todo mundo.

A LINGUA ESPANHOLA, OU CASTELHANA.

Muitas vezes surge dúvida entre as pessoas, sobre qual é a real diferença entre língua espanhola, e língua castelhana. São muitas as pessoas que pensam que Espanhol e o Castelhano são coisastotalmente diferentes, mas isto não é verdade.
O latim vulgar que falavam os exércitos romanos e os colonos na antiga Espanha foi à base de muitos dos dialetos que se desenvolveram depois em várias regiões do país durante a Idade Média. O dialeto de castilla ou espanhol de castilla, foi pouco a pouco convertido na língua padrão, pelo domínio político de Castilla no século XIII.A maioria das palavras do espanhol deriva do latim, mas também tem algumas que vem de outras línguas pré-latinas, como o grego, o euskera ou o celta. a invasão dos visigodos, a princípios do século V d.C. também entraram palavras germanas. a conquista dos árabes, três séculos mais tarde, introduziram muitas palavras árabes na língua, a maioria delas são muito facilmente reconhecíveis peloprefixo "al". A influencia dos eclesiásticos franceses do século XI e dos peregrinos que iam para Santiago de Compostela, fez com que se incorporassem a língua muitas palavras e frases francesas. Durante os séculos XV e XVI, devido a dominação da Itália por parte dos aragoneses, Espanha recebeu também influência da Itália e se viu influenciada pela moda da poesia italiana. A relação de Espanha com suascolônias e possessões, deu passo a introdução de novos términos de línguas nativas americanas e de outras fontes. Os estudos e investigações aumentaram também consideravelmente os empréstimos lingüísticos.
Na América, os descendentes dos espanhóis, os espanhóis crioulos e os mestiços seguiam utilizando a língua. Depois de que as guerras da independência liberaram estas colônias nos.XIX, as elites existentes entenderam o uso do espanhol a toda a população para reforçar a unidade nacional.
Em Filipinas este processo não ocorreu assimilação por varias razões. Era a única colônia espanhola da Ásia longe de todas as que existiam na América latina. Filipinas mais que uma colônia espanhola, era a colônia de uma colônia espanhola, da nova Espanha e era México quem aadministrava. Em comparação com seus homólogos na América latina, a população filipina era quase exclusivamente nativa, e os espanhóis, que eram quase todos mexicanos, eram maioria frente aos mestiços. Depois da guerra entre Espanha e América, os poucos espanhóis que sobraram regressaram a Nova Espanha (México) e mais tarde a Espanha. e em Filipinas, muitos dos poucos mestiços que haviam morrerampor causa da guerra, o inglês se declarou língua oficial e em 1973, o espanhol de ser a língua oficial deste país.
De acordo com a o dicionário normativo da "Real Academia Espanhola" os dois nomes são sinônimos e ambos podem ser utilizados sem nenhum problema.  Porém na Espanha é meio confuso dizer que você fala Espanhol pelo motivo que lá existem muitos outros idiomas, os mais conhecidos...
tracking img