Lei de hooke

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (721 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS - PUC-GOIÁS
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL
Aluno: Peter de lima pereira
Turma:
Professor: Thiago
Data de realização: 01/04/2012LEI DE HOOKE

GOIANIA – GO
Abril - 2012
1 - OBJETIVOS

Obter a constante elástica de uma mola através da deformação(m), e a força(n) exercida sobre essa mola, que serão dadas através demassas (kg) colocadas na mola.

2 - INTRODUÇÃO

A lei de Hooke se baseia em verificar sistemas elásticos, ou seja, aqueles que tem capacidade de retornar a um estado inicial, depois de umadeformação. É o caso das molas.
Ao se puxar uma mola, a sua deformação x vai ser tanto maior quanto maior for a intensidade da força deformadora F, ou seja, são diretamente proporcionais, logo:
F = k.x
Onde ké uma constante de proporcionalidade, chamada de constante elástica e depende do objeto com propriedades elásticas.

Figura 2.1


Quando é aplicada uma força no sentido positivo do eixo x, amola reagirá aplicando uma força de igual intensidade, porém sentido contrário. No caso da compressão, a força aplicada é negativa, e a força de reação acaba por ser positiva, sempre contrária à forçaaplicada – veja Fig. 2.1.

3 - MATERIAIS UTILIZADOS

3.1) Mola helicoidal;
3.2) Massas (No caso foram utilizadas arruelas);
3.3) Régua graduada;
3.4) Balança eletrônica;
3.5) Papel milimetrado;3.6) Calculadora;


Figura 3.1 (Mola Helicoidal) Figura 3.2 (Arruelas)Figura 3.3 (Régua graduada) Figura 3.4 (Balança Eletrônica)Figura 3.5 (Dinamômetro)

4 - PROCEDIMENTOS EXPERIMENTAIS

4.1- Medida da constante elástica pelo método estático:

4.1.1) Separar as...
tracking img