Lalala

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3924 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Catastrofismo foi uma forte corrente de pensamento geológico até meados do século XIX, sendo um de seus principais defensores,o naturalista Georges Cuvier (1769-1832), o instaurador da paleontologia como ciência.[1] O catastrofismo defende que em seu passado, a Terra sofreu a ação de fênomenos catastróficos, principalmente inundações, que resultaram nas configurações geológicas e biológicasatuais, o que explicava, por exemplo, a ocorrência de fósseis marinhos em regiões distantes da costa. Cuvier defendia que estas catástrofes – ou como ele denominava, revoluções – atingiram determinadas regiões do Globo, extinguindo a fauna e flora local, que somente podiam ser estudadas por intermédio de seus fósseis. Posteriormente, a região atingida pela catástrofe, era repovoada por organismos,que migravam das regiões não atingidas por ela. Este ciclo de extinção e repovoamento se repetiu ao longo da história da Terra.[2]
A idéia inicial de Georges Cuvier, sofreu alterações ao longo do tempo, sendo expandida para catástrofes de ação global, as quais resultavam na extinção de toda a fauna e flora da Terra. Segundo os defensores desta vertente do catastrofismo, após a extinção de toda afauna e flora global, novos organismos seriam criados pela ação divina. Era a incorporação da teoria catastrofista pelo criacionismo defendido por alguns naturalistas do século XIX, que também defendiam que a última destas catástrofes havia sido o Dilúvio Bíblico.[1] [3]Teoria que explica a extinção de faunas e floras, por destruições sucessivas provocadas por inusitadas catástrofes oucataclismos, de larga amplitude, que foram ocorrendo ao longo dos tempos geológicos e que atingiam enormesextensões da Terra.Georges Cuvier (1769-1832), que era a força dominante das ciências naturais na Europa do seutempo, foi o fundador da Paleontologia, com o estudo dos registos fósseis.Sendo um especialista em Anatomia eZoologia, a partir de pequenos fragmentos fósseis reconstituía um animal inteiro. Os seus alunos consideravam asbrilhantes deduções de Cuvier semelhantes a magia.
Cuvier interpretava os registos geológicos em termos de séries de catástrofes. Foi a primeira pessoa a reconhecer aextinção de espécies fósseis nos registos geológicos. Para Cuvier, a constante mudança de espécies através dostempos era claramente função de mudanças globais ou catástrofes. A. D'Orbigny, discipulo de Cuvier, admitiu mesmo ahipótese das "criações sucessivas" para explicar as alterações na fauna por ele estudadas.Louis Agassiz (1807-1873), biólogo norte-americano, defendia que o registo fóssil revelava de 50 a 80 extinções totaisda vida, seguidas de igual número de novas criações.Contudo, J. Hutton (1726-1799) já defendia que a História passada da Terra podia ser explicada pela observação ecomparação dos fenómenos atuais.Charles Lyell (1797-1875) não aceitava a teoria das catástrofes para explicar aHistória do planeta. Fortemente influenciado pelo pensamento de Hutton, estava convencido de que a Terra teria sidoalterada por fenómenos graduais e de que as taxas de levantamento, denudação e deposição obedeciam a um padrãogradual e ocorriam a uma velocidade constante. O termo utilizado para esta explicação foi uniformitarismo.Esta explicação tinha sido dada por Hutton e foi formalizada por Lyell nos seus Principles of Geology, em 1830. Ouniformitarismo, expresso em termos de unidade de processo - ou de atualismo -, é um dos principais conceitos que aolongo do tempo têm permitido explicar a História da Terra. Atualmente conhecido como princípio das causas atuais,admite que "as transformações sofridas pela Terra, nas diversas fases da sua existência, foram devidas à ação defatores idênticos aos fatores determinantes dos acontecimentos atuais".Catastrofismo? Sim!
Ariel A. Roth
Bem cedo, na manhã de 14 de novembro de 1963, a tripulação do navio pesqueiro Isleifur II notou um cheiro estranho de enxofre no ar, mas não lhe deu importância. Cerca de uma hora mais tarde,...
tracking img