Karl marx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1009 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Karl Marx
 CAPITALISMO

            Em 1848 diante de uma sociedade capitalista, onde crescia a desigualdade entre burguesia e proletariado, os pensadores Karl Marx e Friedrich Engels interessaram-se pelo estudo do modo de produção capitalista e elaboraram uma maneira de superá-la, através da revolução do grupo proletariado, e transformá-la numa sociedade comunista onde não haveriapropriedade privada nem classes sociais e cada indivíduo trabalharia segundo suas capacidades e receberia segundo suas necessidades.
            Embora o interesse de Karl Marx fosse o estudo das relações socioeconômicas e política da sociedade da sua época, podemos perceber a educação enredada em seus trabalhos. A educação na sociedade capitalista desempenha o papel de ferramenta para manter a hierarquiasocial, sendo a desigualdade social concreta e inequívoca (Karl Marx). Sendo o trabalho apenas um meio de sobrevivência, onde o homem vende ao proprietário a sua força de trabalho, e sofre exclusão dos benefícios da riqueza material produzida por eles.
            Consideravam que a integração entre ensino e trabalho daria um caráter integral à educação e seria um modo de se retirar da alienaçãocrescente. O ensino de qualidade fortalece uma sociedade e tem capacidade de modificá-la, portanto numa sociedade capitalista não é benéfico que a maioria tenha acesso a este tipo de ensino, pois mantendo a “superioridade intelectual” a dominação sobre a outra classe permanece sem ser ameaçada.
            A sociedade em que viveu Marx não é distante da realidade do capitalismo contemporâneo,onde os trabalhadores são desvalorizados, não reconhecem a importância do seu trabalho e a classe dominante se fortalece, permanecendo as riquezas produzidas com a minoria e crescendo a desigualdade social.

As Duas Grandes Contribuições de Karl Marx para o Mundo
Karl Marx formulou teorias sobre história, sociologia e economia. Foi infeliz em todas elas. Contudo, mais de um século após suamorte, seus seguidores continuam alardeando sua genialidade. Por que mesmo tendo errado tanto Marx é idolatrado? Qualquer outra pessoa que dissesse tantos absurdos dificilmente seria levada a sério. Por que isso não acontece com Marx? Meu palpite é que boa parte dos marxistas simplesmente não entendem as implicações do marxismo. As idéias de Marx levam inevitavelmente a ditadura e a perda de liberdadesindividuais. Mas isso não é compreendido pela maioria dos marxistas. Além disso, cabe ressaltar que as idéias de Marx geram a justificativa moral necessária aos canalhas: a imposição de injustiças, imoralidades e todo tipo de crimes no presente passam a ser justificados pela criação de um bem estar fictício no futuro. Palavras de ordem do tipo “pelo bem do povo” ou “pela sobrevivência darevolução” passam a ser usadas para explicar todo tipo de arbitrariedades. Vamos agora explicitar as contribuições marxistas:
1) Visão histórica de Marx: acreditava no materialismo histórico. Isto é, as condições históricas DETERMINAM o futuro. Isso implica num futuro que pode ser perfeitamente previsto e que não pode ser evitado. O futuro não poderia ser alterado por indivíduos, uma vez que estes sãoprodutos da realidade histórica em que vivem. Alguém minimamente versado em história não pode aceitar esse argumento: Jesus Cristo é o exemplo mais óbvio do absurdo dessa idéia (talvez por isso os marxistas odeiem tanto a religião). Tenho certeza que o leitor pode pensar em vários outros contra-exemplos.
2) Visão sociológica de Marx: acreditava na luta de classes. A sociedade seria dividida entrecapitalistas e operários, e os ganhos dos capitalistas representariam perdas aos operários e vice-versa. Nesta sociedade analisada por Marx, capitalistas e operários eram NECESSARIAMENTE inimigos, uma vez que o ganho de uns implicava na perda de outros. Obviamente profissionais liberais e autônomos não foram analisados por Marx. A análise marxista não abre espaço para a existência de um indivíduo...
tracking img