Karl marx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (584 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
|
|
Comunismo
As ideias básicas de Karl Marx estão expressas principalmente no livro O Capital e n'O Manifesto Comunista, obra que escreveu com Friedrich Engels, economista alemão. Marxacreditava que para alcançar uma sociedade feliz e harmoniosa seria com os trabalhadores no poder. Suas ideias eram reação às péssimas condições de vida dos trabalhadores no século XIX, na França, Inglaterra eAlemanha. Os trabalhadores das fábricas e minas recebiam mal e trabalhavam muitas horas em condições desumanas.
Marx confiava na vitoria do comunismo. Afirmava que a história segue leis imutáveis, àmedida que avança de um estágio a outro. Cada estágio continham lutas que levavam a um estágio superior de desenvolvimento. O comunismo é o mais alto estágio de desenvolvimento.
Para Marx, acompreensão dos estágios vem através da relação entre as diferenciadas classes de pessoas na produção dos bens. Afirmava que o os ricos era os dirigentes que usavam seu poder econômico e político sobre opovo impondo sua vontade Para Marx, a luta de classes é o meio pelo qual a história progride. Marx achava que a classe de dirigente nunca iria abrir mão do poder por vontade própria, ou seja, a violênciaera inevitável.

Alienação
A alienação é descrita por Marx sob quatro aspectos:
1. O trabalhador é estranho ao produto de sua atividade, que pertence a outro. Isto tem como consequência que oproduto se consolida, perante o trabalhador, como um “poder independente”, e que, “quanto mais o operário se esgota no trabalho, tanto mais poderoso se torna o mundo estranho, objetivo, que ele criaperante si, mais ele se torna pobre e menos o mundo interior lhe pertence”;
2. A alienação do trabalhador relativamente ao produto da sua atividade surge, ao mesmo tempo, vista do lado da atividade dotrabalhador, como alienação da atividade produtiva. Esta deixa de ser uma manifestação essencial do homem, para ser um “trabalho forçado”, não voluntário, mas determinado pela necessidade externa. Por...
tracking img