Karl marx e friederich engels

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (510 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
 
Por uma história do cuidado
Notícias sobre fatores de risco aparecem, frequentemente, na mídia. Seu sentido usual é convidar os indivíduos a atentarem para aspectos de seu cotidiano antes tidoscomo banais. Alimentação, bebida, lazer, trabalho, comportamento amoroso - nada parece ser irrelevante para a saúde; se deslocarmos a perspectiva, essa necessidade de constante atenção indica que asaúde se torna um valor maior a orientar nossas ações cotidianas. É urgente, pois, refletir sobre que tipo de vida está sendo construído por esses alertas sobre perigos que estariam à espreita em nossoshábitos e que podem se concretizar num futuro remoto.
A maior parte dos estudos sobre mídia e fatores de risco está focada na distância entre o consenso dos médicos e o consenso dos leigos. De um lado,argumenta-se que deveria haver, da parte dos meios de comunicação, acuidade na tradução do conhecimento médico. De outro, quando se quer que os indivíduos efetivamente se comportem de acordo com asinformações veiculadas, discute-se também que deformações são admissíveis; por exemplo, não usar o termo "fator de risco", mas o de "causa" em campanhas publicitárias que visam suscitar mudanças decomportamento. Nesses estudos, portanto, estamos diante de uma ética da verdade. Os efeitos temidos são a informação incorreta e a manutenção de hábitos que contêm riscos, mesmo quando os indivíduosestão adequadamente informados sobre eles.
A preocupação com a acuidade e efetividade das informações é relevante. Contudo, essa forma de crítica do nexo contemporâneo entre mídia e epidemiologia éconduzida do ponto de vista do saber médico; por acreditar na verdade, pode até ser caracterizada como a-histórica. Neste ensaio, adotamos outra estratégia. Propomos que as notícias sobre fatores de riscoparticipem da construção de uma nova subjetividade. O nexo contemporâneo entre mídia e medicina já constitui um ponto de transição na história do cuidado com a saúde. Construção de subjetividade,...
tracking img