Just in time

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5212 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO 2


PROJETO DE PRODUÇÃO PARA O JIT 4


Produção enxuta como filosofia de produção 6

− Transporte. 6
− Processo. 6
− Estoque. 6
− Produtos defeituosos. 7

Produção enxuta como técnica para gestão da produção 7

a. Práticas Básicas de Trabalho: 8
− Disciplina. 8
− Flexibilidade. 8
− Igualdade 8
− Autonomia. 8
b. Projeto para Manufatura: 8
c. Foco na produção: 8
d.Máquinas simples: 9
e. TPM – Total Productive Maintenance 9
f. Redução de setup: 9
g. Visibilidade: 10
h. Fornecimento enxuto: 10

Produção enxuta como método de planejamento e controle 10

a. Programação puxada: 10
b. Controle kanban: 11

PROCEDIMENTOS PARA USO DE CARTÃO KANBAN 12

c. Programação nivelada: 14
d. Modelos misturados: 16
e. Sincronização: 17

Conclusão 18Referências 19





INTRODUÇÃO



O sistema Just in time (JIT) pode ser entendido como uma filosofia aliada a um conjunto de técnicas (SLACK, 1997). A filosofia é baseada na redução de todo desperdício que pode ocorrer no processo de fabricação. O conjunto de técnicas, por sua vez, busca tornar possível a redução dos desperdícios. Para sua adoção é necessário implantar uma nova forma degestão, tanto da organização do trabalho na área produtiva, como do comando e controle da produção. O JIT fundamenta-se, assim, em engenhosos sistemas de organização da produção e de logística.


Operacionalmente, a redução do desperdício é alcançada pela produção somente dos itens necessários, na quantidade necessária e no tempo presente. Para isso, é fundamental:

a) detectarprontamente a demanda que ocorre no momento presente;
b) atender rapidamente essa demanda, sem prévia formação de estoque.
Para tanto, o JIT utiliza três técnicas fundamentais:
a) troca rápida de ferramenta;
b) arranjo físico integrativo, do tipo celular, por exemplo;
c) sistema kanban com pequeno lote de transferência entre as fases do processo.

A troca rápida de ferramenta permiteflexibilidade de produção e, se aliada ao arranjo físico celular, permite cumprir rapidamente o ciclo produtivo, uma vez que as fases de fabricação estão integradas pela célula de manufatura. Desta forma, pode-se atender com maior rapidez às necessidades de um mercado diversificado, bastando conhecer o total que deve ser produzido.

O sistema kanban gerencia a produção tendo duplo objetivo:

1)informar as fases do processo de produção no momento presente;
2) agilizar o processo de liberação da produção.

Por ser um sistema que puxa a produção, o sistema kanban informa, aos estágios anteriores do processo de fabricação, a demanda que ocorre no último estágio, que pode ser a expedição. Atua, dessa forma, como um elo entre os estágios do processo e a demanda final do produto. Se,adicionalmente, forem adotados lotes pequenos de transferências (caixas ou contenedores com poucas peças, por exemplo), a comunicação entre os diversos estágios fica bastante rápida, possibilitando que todos os estágios do processo de fabricação sejam informados sobre a demanda que está ocorrendo no momento presente.
Por outro lado, por se tratar de um sistema de controle visual, ele permite adecisão sobre as necessidades de fabricação sem a elaboração e a consulta de relatórios. Atribuindo-se ao pessoal da fábrica a tarefa de decidir sobre o que produzir, a partir das indicações do quadro de kanbans, passa a ser desnecessária a intervenção do PCP na decisão sobre o quê, quanto e quando produzir (programação e liberação da produção). Essas decisões, quando tomadas pelo PCP, um órgãocentralizador e burocratizado, dificilmente podem ser implementadas em tempo inferior a três dias (normalmente, o ciclo de programação e liberação da produção é de uma semana).
Assim, o sistema kanban manifesta-se como um excelente instrumento de informação para comandar com rapidez a reposição dos estoques. E, principalmente em situações de diversificação da fabricação de produtos a partir...
tracking img