Juran, guru da qualidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1262 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Pode se dizer que a qualidade teve seus maiores impulsos nas empresas japonesas durante o pós - segunda guerra, e logo se espalharam pelo mundo ocidental. O grande objetivo dessas técnicas é a maximização da eficiência da operação, fazer certo da primeira vez evitando retrabalho e desperdícios e trabalhando sempre em cima dos requisitos do produto gerando consequente satisfação para o cliente.Empresas que atendem bem os seus clientes percebem rapidamente o aumento das suas receitas, e grandes gênios contribuíram para essa filosofia. Portanto, vamos falar sobre Juran, o guru tido por muitos como o pai da qualidade.

Juran nasceu na Romênia, em 1904, e se formou em Engenharia nos Estados Unidos na década de 20. Com seu livro Quality control handbook (Manual do Controle da Qualidade) de1951 virou personalidade mundial e foi trabalhar como consultor no Japão em 54.
Segundo Juran qualidade possui duas definições:
1. Qualidade são aquelas características do produto que atendem as necessidades dos clientes e, portanto, promovem satisfação com o produto;
2. Qualidade consiste na ausência de deficiências.
Essa conceituação ainda é usada hoje em dia, a norma ISO9000:2005 que trata dos fundamentos e vocabulários do Sistema de Gestão da Qualidade, define no item 3.1.1 qualidade como sendo: o grau no qual um conjunto de características inerentes satisfaz a requisitos.
Juran trouxe também o conceito de cliente externo/interno. Externo é aquele que recebe o produto final da companhia e o cliente interno é o responsável por um processo que é sucessor a outro dentroda mesma empresa, por exemplo, a área de produção é cliente interno da área de compras.
A Não Qualidade consiste também em custos, e segundo Juran a linguagem do dinheiro era fundamental na sensibilização da alta gerencia. Com isso, identificou três tipos de custos de “Não Qualidade”, que são:
1 - Custos das Falhas - Seriam internas e externas. A interna quando o produto ainda não chegou aocliente e todo trabalho de recuperação é feito na empresa, e a externa quando o produto já está sob posse do cliente e dessa forma é necessário recuperar o produto, perde-se a credibilidade do cliente e geram-se perdas em futuros negócios (esse componente é um pouco mais difícil de medir).
2 - Custos de Avaliação - Devem incluir os custos das inspeções, testes em processo, auditorias de conformidadeetc.
3 - Custos da prevenção - Devem incluir os custos de planejamento, controle e avaliação de fornecedores e treinamentos em técnicas de controle de qualidade.
Outro tópico muito importante trazido por Juran foi sobre a Trilogia da Qualidade, que são as seguintes fases:
1 . Planejamento da Qualidade - o processo de estabelecer os objetivos da qualidade e os planos para alcançar essesobjetivos.
2 . Controle da Qualidade - o processo de avaliar o desempenho atual, compará-los com os objetivos e agir nas diferenças.
3 . Melhoramento da Qualidade - este terceiro membro da trilogia da qualidade tem o objetivo de melhorar os níveis atuais de desempenho da qualidade.
Em 1954, Joseph M. Juran em uma visitou ao Japão, introduziu uma nova fase no Controle da Qualidade. Juran liderou atransposição de uma fase, na qual as atividades relativas à Qualidade eram baseadas nos aspectos tecnológicos das Fábricas para uma nova fase, onde a preocupação com a Qualidade passou a ser global e holística, abrangendo todos os aspectos do gerenciamento e toda a organização.
Na segunda metade da década de 50, o Total Quality Control (TQC) firmou-se como metodologia de Qualidade, tornando-se maisabrangente, atuando também nos aspectos do projeto. Basicamente o TQC consistia em:
1 - Abordar a Qualidade desde a fase do Projeto de desenvolvimento do produto, incluindo os aspectos funcionais e atributos de desempenho.
2 - Envolver todos os funcionários, de todos os níveis hierárquicos, assim como fornecedores e clientes, nos processos de melhoria da Qualidade, assim como os fornecedores e...
tracking img