John maynard keynes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1405 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1- Bibliografia

John Maynard Keynes nasceu em Cambridge (Inglaterra), no dia 05 de Junho de 1883 nascido em uma família de classe média alta, filho de John Neville Keynes professor de economia política e lógica da Universidade de Cambridge. Sua mãe filha de um ministro foi uma das primeiras mulheres a cursar nessa universidade.
John estudou nos colégios mais famosos como Eton College, King'sCollege da Universidade de Cambridge onde obteve seu diploma em 1905. Foi aluno dos economistas mais conceituados de Cambridge Alfred Marshall e A.C. Pigou, os quais o influenciaram a se interessar pela economia. Em 1906 ficou em segundo lugar num concurso de recrutamento dos Civil Servants (corpo dos altos funcionários do império). Foi para o Indian Office ( Ministério dos Negócios das índias) emWhitehall. Em consequência do tédio e da oportunidade proporcionada por uma reestruturação do departamento económico de Cambridge, o que o levou a demissão de seu cargo e sua volta a Cambridge para ser professor até 1915.
Fez parte do King's College até o fim de sua vida. Em 1911 foi jornalista e diretor do Economic Jornal, em uma revista teórica de ciências económicas, também foi secretário daRoyal Economic Society. Sua experiência no Indian Office o levou a publicar em 1913 A Moeda e as Finanças nas índias o qual critica o sistema monetário internacional.
Em 1915 é oferecido um lugar no British Treasury (Tesouro Britânico) o que o levou a integrar a delegação inglesa na Conferência de Paz de Versalhes que aconteceu ao final da Primeira Grande Guerra. Keynes voltou a Inglaterra antesque a Confederação acabasse, pois não concordava com os

rumos que ela estava levando. Nesse acordo os países perdedores eram obrigados a pagar uma indenização aos países vencedores da guerra
Nesse mesmo ano Keynes escreveu The Economic Consequences of the Peace (As Consequências Económicas da Paz), onde desenvolve sua opinião a respeito da Conferência. Sua obra económica mais importante foipublicada em 1936, The General Theory of Employment, Interest and Money (A Teoria Geral do Emprego, dos Juros e da Moeda) ou Teoria Geral, que veio dar início a Revolução Keynesiana.
Suas ideias é considerada por muitos como a base da recuperação da economia capitalista, abalada pela Grande Depressão. Em 1937 sofre um ataque cardíaco. Não recuperado totalmente volta aos meios oficiais como um dosadministradores do Banco de Inglaterra, sendo considerado por muitos como o economista oficial da Grã-Bretanha. Em 1942 recebe o título de Barão de Tilton.
Durante a Segunda Grande Guerra Keynes foi o principal arquiteto da política económica da Grã-Bretanha, em 1944 teve um importante papel como representante do Reino Unido na Conferência de Bretton Woods, onde viria a ser criado um novo sistemamonetário internacional. O seu último grande feito foi a negociação de um empréstimo dos Estados Unidos à Inglaterra de vários bilhões de dólares. Também a sua vida social e mundana foi muito ativa. Cambridge introduziu-o às elites dos círculos culturais. Esteve - Apesar de muitos dizerem que era homossexual casou-se em 1925 com Lydia Lopokova.
John Maynard Keynes faleceu em 20 de abril de 1946vítima de um novo ataque cardíaco, em Firle, Sussex.
Suas ideias tem influenciaram as políticas económicas de muitos governos até nos dias de hoje.
2- Economia Kynesiana – Aspectos mais Importantes
A economia Keysiana é uma teoria da despesa total da economia (designada por procura agregada) e dos seus efeitos na produção e na inflação.
Em primeiro lugar, os objetivos tratava-se ,de darprimazia os crescimento e ao pleno emprego, e não à estabilidade monetária e a competitividade externa.
Em segundo lugar, e quanto aos instrumentos, as politicas monetária e orçamental deveriam estimular a procura agregada (consumo e investimento à escala nacional) e o próprio investimento público teria um papel importante a desempenhar. Além do mais, poderiam justificar-se finanças públicas...
tracking img