Jogos populares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3515 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O texto trata de um estudo aprofundado sobre as teorias dos jogos e brincadeiras, no qual pode ser subdividido em diversas categorias, que mostram as ramificações que existem dentro desse meio. O jogo e a brincadeira desempenham uma função importante, pelo fato de servir de objeto de interação entre as pessoas, ou seja, a partir do momento que jogamos ou participamos de uma simplesbrincadeira, estamos realizando um exercício de interação, nos aproximamos mais um dos outros.
O Jogo popular tem como finalidade dar continuidade a tradição das brincadeiras de rua, onde não existe regras rigorosas e que por assim ser leva a descontração e diversão entre os participantes. São jogos que podem ser cooperativos ou individuais, mas sempre visando o divertimento.
O objetivodesta produção consiste em explicar a essência do jogo sendo ela a ludicidade enfatizando o jogo popular como uma das suas manifestações culturais.
O estudo foi desenvolvido por meio de trabalhos acadêmicos, pesquisa em texto; a prática foi vivenciada na disciplina “Teoria e Metodologia do Jogo e da Brincadeira”, em 2012.2, no 1º período do Bacharelado do Curso de Educação Física da FaculdadeASCES.
.
AS TEORIAS DO JOGO E DA BRINCADEIRA
Naquele retrato verídico de um domingo familiar e feliz, pode-se enxergar claramente, e até distintamente, como aconteciam, no mesmo espaço e simultaneamente, as categorias da brincadeira, do jogo e do esporte: as crianças, ao fazerem seu “esqui-bunda” ou mesmo ao mergulharem na água, realizavam uma brincadeira espontânea, desregrada, cujos objetivoseram se divertir por meio de habilidades físicas e de uma sensação de vertigem propiciada pela brincadeira. A motivação da atividade, quase que inteiramente intrínseca, acontecia nela mesma, a sua realização dava prazer e alegria, e por isso era constantemente repetida. Os dois meninos, quando pegaram a bola e foram ao gramado, permaneciam brincando, sem se preocupar com qualquer regra, mas simcom o prazer de controlá-la. O que é interessante ressaltar, contudo, é que em todas estas atividades há uma grande troca de ideias entre os participantes, intercâmbio de sugestões, aprendizado e criação de novas formas de brincar; enfim, há produção de cultura. E de uma forma de cultura denominada, de cultura lúdica, a qual, para o autor, deve ser apropriada por cada criança e por todos os membrosde uma dada comunidade. Há esquemas desta cultura, que permitem com que as crianças vivenciem quadrinhas, jogos de palavras, gestos, que formam uma espécie de léxico indispensável para a realização das brincadeiras daquele grupo. Segundo o autor, estas estruturas da cultura lúdica não se prendem somente ao jogo de regras, ou ao esporte, mas são muito mais amplas que isto. A cultura lúdica já é emsi um momento de grande relação entre uma intenção de brincar, com o aprendizado da brincadeira em si – e ambos são momentos educativos. A autora coloca que, afinal, para se desfrutar da intensa socialização que a atividade lúdica propicia, a criança precisa conhecer o modo operante desta atividade. Aprender que a “cultura lúdica” , varia conforme a idade, as relações de gênero, o ambiente e asociedade dos participantes, e que estes interferem na mesma, sendo simultaneamente sujeitos e objetos desta cultura. No “domingão”, quando um adulto reuniu as crianças e propôs que todas ‘brincassem juntas’ jogando queimada, dois pontos se destacam: primeiro, o reconhecimento intuitivo, por parte do adulto do valor do jogo em grupo enquanto elemento socializado, outro fator que merece realce é que,ao realizarem uma atividade em grupo, com um mínimo de organização e regras, as crianças já passaram a realizar um jogo. Jogo este que, sem sombra de dúvida, é parte integrante da cultura lúdica desta sociedade, e possui diversas interfaces com as brincadeiras desta cultura, estando como que amalgamado com estas. Muitas vezes, pode ser confundido com uma brincadeira, e vivenciado pelos...
tracking img