Inside job

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1275 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANÁLISE DO FILME
INSIDE JOB


O tema de Inside Job é a crise financeira global de 2008. Possui pesquisas e entrevistas extensas com financistas, políticos, jornalistas e acadêmicos.
Ele centra-se sobre as mudanças no setor financeiro na década que levou à crise, o movimento político na direção da desregulamentação, e como o desenvolvimento do comércio complexos, tais como o mercado dederivativos permitiu um grande aumento no risco de ter que contornar os regulamentos mais velhos, que eram destinados para controlar o risco sistêmico . Ao descrever a crise que se manifestava, o filme também aborda os conflitos de interesses no sector financeiro, muitos dos quais ele sugere não são devidamente divulgados. O filme sugere que estes conflitos de interesses afetou agências de notação decrédito, bem como acadêmicos que recebem financiamento como consultores, mas não divulgar essas informações em sua escrita acadêmica, e que esses conflitos tiveram contribuíram para agravar ainda mais a crise.
Dentro do mercado de derivativos, o filme alega que os altos riscos que começaram com empréstimos subprime (créditos bancários de alto risco, que incluem desde empréstimos hipotecários atécartões de créditos e aluguéis de carros, eram concedidos, nos Estados Unidos, a clientes sem comprovação de renda e com histórico ruim de crédito -- a chamada clientela subprime. As taxas de juros eram pós-fixadas, isto é, determinadas no momento do pagamento das dívidas. Por esta razão, com a disparada dos juros nos Estados Unidos, muitos mutuários ficaram inadimplentes, isto é, sem condições depagar as suas dívidas aos bancos) foram transferidos de investidores para outros investidores que, devido a práticas questionáveis ​​de classificação, falsamente acreditaram que os investimentos eram seguros. Assim, os credores foram levados a realizar hipotecas sem considerar o risco, aceitando maior taxa de juros nos empréstimos, já que, uma vez que essas hipotecas eram embalados em conjunto, orisco estava disfarçado. Segundo o filme, os produtos resultantes, muitas vezes têm classificação AAA , o equivalente a títulos do governo norte americano. Os produtos podem ser usados ​​até mesmo por investidores como fundos de pensão que são obrigados a limitar-se aos investimentos mais seguros.
O problema que se iniciou com as hipotecas subprime espalhou-se por todas as obrigações comcolateral, pôs em perigo as empresas municipais de seguros e resseguros e ameaçou arrasar o mercado de swaps, multitrilionário em dólares. As obrigações dos bancos de investimentos em compras alavancadas se tornaram um passivo. Os hedge-funds, criados para ser supostamente neutros em relação aos mercados, se provaram não tão neutros e tiveram que ser resgatados. O mercado de commercial-papersparalisou-se, e os instrumentos especialmente criados pelos bancos para tirar as hipotecas de seus balanços já não conseguiam mais encontrar fontes externas de financiamento (funding). O golpe final veio quando o mercado de empréstimos interbancário - que é o núcleo do sistema financeiro - paralisou-se. Os bancos centrais de todos os países desenvolvidos se viram obrigados a injetar rapidamente no sistemafinanceiro mundial um volume de recursos jamais injetado antes, e a estender créditos para uma variedade de papéis financeiros, e tipos de instituições, jamais socorridos anteriormente.
Para evitar maiores prejuízos, bancos em melhores condições compraram aqueles que estavam com problemas, e o governo americano começou a injetar dinheiro no sistema bancário para que outras instituições não fossemprejudicadas. Os bancos não receberam auxilio somente do governo americano, mas também de países como Alemanha, Espanha, Reino Unido, Portugal, entre outros, que ajudaram financeiramente e com montantes milionários.
Os bancos passaram a cobrar juros mais altos para evitar calotes, e esse aumento levou a um menor investimento e diminuição na capacidade de expansão das economias, e o crescimento...
tracking img