Indignai-vos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7040 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Stéphane Hessel
INDIGNAI-VOS!
Tradução: Marly Peres

Reprodução eletrônica:
Mensanapress
Artesanato gráfico e editorial
2011

1

Paulo Klee, Angelus Novus, 1920. Aquarela, 31,8 x 24,2 cm,
Museu de Israel, Jerusalém.
Neste texto, Stéphane Hessel se refere à obra de Klee e ao comentário que sobre ela deixou o filósofo alemão Walter Benjamin,
em suas Teses sobre a filosofia dahistória, escritas em 1940 sob o
choque do pacto germano-soviético. Walter Benjamin foi seu primeiro
proprietário. Ele via na obra um anjo repelente, “a tempestade que
chamamos de progresso”.

2

Apresentação
Sylvie Crossman
Que sorte a nossa, poder alimentar-nos da experiência deste grande resistente, que sobreviveu aos campos de
concentração de Buchenwald e de Dora, que participou
da redaçãoda Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948, foi embaixador da França e agraciado com a
Legião de Honra!
Para Stéphane Hessel, o “motivo básico da resistência foi a indignação”. É verdade que, no mundo complexo
de hoje, as razões para se indignar podem parecer menos
claras e nítidas do que nos tempos do nazismo. Mas, “procurem e encontrarão”: a distância crescente entre ricos epobres, o estado do planeta, o tratamento dispensado aos
imigrantes ilegais e aos ciganos, a corida para ter cada vez
mais, a competição, a ditadura dos mercados financeiros, a
ameaça às conquistas alcançadas pela resistência, de aposentadoria, de seguridade social. . . Para ser eficaz, é preciso que essa luta aconteça como no passado, em rede, como
ação conjunta. Prova disto são as organizações,como Attac, Amnesty ou a DIDH, dentre outras.
Por isso, podemos, sim, dar crédito a Stéphane Hessel e acompanhá-lo nessa caminhada, à qual ele conclama,
de uma “insurreição pacífica”.

3

Por um deus indignado
José Castello
Esperar - em vez de não “ex-asperar” - propõe o embaixador e escritor alemão Stéphane Hessel em “Indignaivos”, breve, mas arrebatador ensaio a respeito do mundocontemporâneo. Esperar (em vez de exasperar-se) não
sentado, ou indiferente, mas agarrado à potência transformadora da esperança. “Olhem à sua volta e vocês encontrarão os temas que justificam a sua indignação”, Hessel
sugere. A exasperação inclui a fúria e a cólera; ela resulta,
hoje em dia, no terrorismo. Já a indignação conduz à luta
persistente e ao trabalho; ela cimenta a esperança, lhe dácorpo.
Nascido em 1917, o diplomata e embaixador Stéphane Hessel, aos 96 anos, conserva e cultiva o espírito rebelde de juventude. Continua a ser um homem que aposta
quase tudo na indignação, já que, segundo ele nos diz, “só
a indignação leva à esperança”. A edição francesa de “Indignai-vos” já vendeu mais de 1,5 milhão de exemplares.
O livro está traduzido em quase uma dúzia de países. Suaspalavras se alastram - ecoam com força em nossos corações vazios.
Hessel, que foi um dos redatores da “Declaração
Universal dos Direitos Humanos”, de 1948, mantém-se,
ainda hoje, absolutamente fiel aos princípios do documento que ajudou a escrever. A indignação, ele diz, é um sentimento universal. Sentimento sem um objeto fixo ou uma
posição política determinada. “O importante é que cada
umtenha seu motivo de indignação”, afirma. A proximi4

dade inevitável da morte não o afasta do culto à militância,
que considera o teatro por excelência da indignação. Rememora: “Quando alguma coisa nos indigna, como fiquei
indignado com o nazismo, nos transformamos em militantes; fortes e engajados, nos unimos à corrente da história”.
O inimigo principal de Hessel, hoje, como desde
sempre,tem um nome: a indiferença - aquilo que o poeta brasileiro Vinicius de Moraes, em sua célebre “Carta
aos Mornos”, chamou de “mornidão”. Nos anos 1940,
na França, resistir à ocupação nazista era abandonar a indiferença para engajar-se na busca de uma nova atitude
de uma diferença. É verdade: o mundo tinha um inimigo
enorme e monstruoso e era menos difícil perder o caminho. “Resistir, para nós,...
tracking img