Impactos socioeconomicos megaeventos esportivos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3581 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTRATÉGIA DOS MEGAEVENTOS ESPORTIVOS E AS CIDADES SEDES: INSERÇÃO INTERNACIONAL E DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO REGIONAL

Projeto de Pesquisa apresentado ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais – Mestrado Acadêmico – da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista – UNESP – Campus de Marília.Linha de Pesquisa: Relações Internacionais e Desenvolvimento





















MARÍLIA

2012

Resumo
O esporte deixou de ser apenas uma prática competitiva ou de lazer para tornar-se uma das mais importantes manifestações culturais dos últimos séculos e também um fator importante no cenário mundial. Sua influência perpassa as áreas social, econômica e política. Alémdisso, o esporte é um importante instrumento na construção de representações de processos identitários regionais, de classe, gênero, etnia e de nação. Observando isto, alguns Estados e Empresas Privadas começaram a utilizar o esporte como meio de manobra política e para gerar grandes quantias de capital. Logo, os eventos esportivos sofreram um processo de “espetacularização”, no qual tornando-segrandes atrativos econômicos, sendo a Copa do Mundo de futebol da FIFA e os Jogos Olímpicos os eventos esportivos que geram maior movimentação de capital. Desta maneira, atualmente é interessante para fins tanto políticos, como econômicos e sociais sediar tais eventos, assim alguns países utilizam disto para aumentar sua inserção no cenário mundial, ou para ratificar sua posição. Desta maneira, esteprojeto de mestrado pretende demonstrar como eventos esportivos internacionais são utilizados como ferramentas de desenvolvimento econômico e social para suas sedes.

Palavras Chaves: Megaeventos esportivos, Sedes, Inserção Internacional, Desenvolvimento Regional


1. Introdução


Na atual conjuntura de globalização e interdependência, os governos tanto nacionais como subnacionaissão praticamente obrigados a assumir novos papéis e funções e desenvolver seu campo de atuação em diversos setores relevantes. Várias são as estratégias de inserção internacional utilizadas pelas cidades e pelos Estados, sendo que uma delas, cada vez mais utilizada, é a promoção de eventos de nível internacional.
De acordo com Tenan (2002, p.13), eventos podem ser definidos comoacontecimentos especiais, antecipadamente planejados e organizados, que reúnem pessoas com interesses comuns. Eventos sempre existiram, desde os rituais mais primitivos, considerando as festas, as celebrações, entre tantas outras manifestações que têm como característica básica o padrão de evento. Sempre presentes na história da humanidade, no entanto, os eventos somente têm sua estrutura e, principalmente,intensidade modificada, tal como apresentado no formato “mega”, no contexto da cultura de massas e à estética por esta imposta, característica do século XX, que altera não somente as relações espaço-temporais e as estruturas de vivência do homem, que migra do rural para o urbano, mas, principalmente, sua percepção do mundo (CONTRERA e MORO, 2008).
Os megaeventos, assim, respondem à novalógica da cultura de massas do século XX e à herança dromológica que dela herdamos, na qual a percepção do homem encontra-se alterada em função da própria velocidade contemporânea, da vida urbana e da quase onipresença da mídia (CONTRERA e MORO 2008) Esse tipo de evento surge, dessa forma, em concordância e como resposta a esse cenário no qual o hiperestímulo e a intensidade são recursos necessáriospara que os seres humanos modernos reajam de alguma forma à estimulação a qual está submetido pela mídia eletrônica diariamente.
Percebendo esta conjuntura, a promoção de eventos tem sido uma das principais estratégias utilizadas pelos gestores dos setores públicos e privados na busca de maior atração de capitais. Esses eventos podem ser de diferentes naturezas, organizados por distintos...
tracking img