Ilha das flores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (741 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CURTA-METRAGEM: “ILHA DAS FLORES”


















BRASÍLIA
SETEMBRO – 2012
RELATÓRIO DO CURTA-METRAGEM “ILHA DAS FLORES”
“Ilha das Flores” é um curta que retrata a questão dadesigualdade social, os valores humanos construídos no sistema capitalista e a solidariedade social, isto é, no sentido de Durkheim, como se dá o elo entre indivíduo e sociedade pela divisão socialdo trabalho. Já em uma visão marxista, critica o sistema a partir das consequências perversas do “progresso” para os mais pobres.
No curta são retratados diversos exemplos, do método sociológicocientifico, entre outras, conceito de fato social, neste trabalho será apresentado alguns desses exemplos telegrafados ou produzidos no filme.
Podemos perceber que logo no começo “Ilha das Flores” onarrador conta que o “senhor Suzuki” não planta os tomates com a intenção de comê-los, quase todos os tomates produzidos são entregues a um supermercado em troca de dinheiro, logo após é contado aprovável criação do dinheiro (“criado provavelmente por iniciativa de Giges, rei da Lídia”,Etc.) na continuação é relatado que para facilitar a troca por dinheiro , foi criado pelos seres humanos osupermercado, se baseando no conceito de que a economia gera relações desiguais entre os seres humanos , poderíamos ressaltar que no filme foi mostrado , em suma, a criação de um sistema financeiro na qualpoderíamos dizer que os indivíduos estão subordinados a um tipo de sistema que os “obrigam”, de uma certa forma, a ter que trabalhar para poder receber seu dinheiro (trocar trabalho por dinheiro) e logoapós trocar seu dinheiro proveniente do seu trabalho, poder trocar por comida, presente nos supermercados.
Esse fato da criação de um sistema financeiro é um exemplo de coerção social na qual osindivíduos integrantes da sociedade estão subordinados, independente de sua vontade e escolha.
Em outro momento do curta, o narrador menciona uma mulher chamada “Dona Anete” que é católica,...
tracking img