Homem: valor absoluto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1286 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Quem sou eu? De onde vim? Para onde vou?
São essas perguntas que, ainda hoje, movem o ser humano em busca de respostas
mais precisas e aplicáveis a todos, ainda que o universo tenha mudado ao longo da história.
Refletir sobre tais questões, leva-nos a buscar uma definição ou concepção do que seja o
próprio ser humano, trazendo à tona a dimensão de sujeito e de objeto, uma vez que o
homem,aqui, torna-se o agente em busca de respostas e, simultaneamente, o objeto
analisado e refletido.
Frente às respostas pesquisadas, a saber, o homem como ser cultural (visão
fenomenológica), o homem como ser livre (visão ética), o homem como pessoa-espírito
(visão ontológica), o homem como imagem e semelhança do Divino (visão teológica), é
possível admitirmos uma evidente dimensão conclusiva:o homem como um valor absoluto
em si mesmo.
Diante do estudo, da troca de ideias e reflexão sobre o Projeto Educativo Claretiano
que, por sua vez, remeteu-nos ao estudo e aprofundamento da dimensão antropológica de
tal Projeto, algumas convicções se tornaram evidentes e, a partir de então, serão defendidas.
São elas:
1- Educar é ter um modelo antropológico em vigência: qual o meu? O nosso?É impossível uma proposta ou um projeto educacional que não tenha como pano de
fundo uma concepção de ser humano, ainda que fragmentada e/ou reducionista. Ao propor
uma interferência educacional, o educador (ou a instituição) sempre tomará como ponto de
partida a concepção que possui de ser humano, uma vez que é o sujeito e o objeto de tal
interferência.
Diante dessa realidade, valeperguntar: como educadores, admitimos e defendemos
que concepção de ser humano? Da resposta a essa questão, pode-se definir e/ou emitir um
juízo de tal proposta educacional (Projeto Pedagógico).
2- O homem é produto e produtor do mundo em que vive.
Simultaneamente, o ser humano influencia e sofre as influências do contexto em que
vive. Por isso, pesquisar tais influências é posicionar-se diante domundo e, portanto, diante
de si mesmo. A pergunta que mundo queremos? torna-se mais facilmente compreendida
(inclusive a busca de melhorias) a partir do momento em que essas influências sofridas e,
ao mesmo tempo, provocadas são pensadas, com vistas à melhorias necessárias e urgentes.
3- Ser livre é exercer nosso livre arbítrio.
Sem a predisposição, o homem não educa e nem é educado; nãousufrui de sua
liberdade e nem liberta. Por isso, a própria liberdade é um exercício que requer esforço,
dedicação e vontade, a fim de que a qualidade de vida seja real, advinda como resultado do
esforço e exercício do livre arbítrio que sabe da necessidade de se melhorar sempre mais.
4- O protagonismo do processo educacional é do aluno!
Dada a convicção anterior (Ser livre é exercer nossolivre arbítrio), é preciso
admitirmos que não há educação (informação e formação) sem que o aluno, auxiliado e
mediado pelo educador, assuma a responsabilidade do próprio aperfeiçoamento, mediante
- 2 -
esforço, disciplina e busca. O sucesso educacional não provém apenas de uma interferência
positiva e qualitativa do educador, mas da junção desse com o esforço e protagonismo
discente.
5- Homemtranscendente: reconhecer Deus e exercer a superação de si.
A dimensão de transcendência do ser humano precisa ser aceita e vivenciada em
dois planos: o reconhecimento de Deus como absoluto de tudo o que existe (inclusive o
próprio homem) e o exercício da superação de si de modo constante e real. Isso quer dizer
que o ser humano atinge o nível máximo de si na medida em que vivencia estadimensão,
auxiliada e apoiada pelas demais dimensões.
6- O testemunho como elemento mais forte e influenciador que a palavra.
Num processo educacional, poucas palavras permanecem na consciência de quem as
escuta (talvez pelo excesso de expressões e colocações ao longo dos anos escolares). Diante
dessa reduzida memorização de ensinamentos e/ou conhecimentos transmitidos no decorrer
do processo...
tracking img