Historia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (784 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Vítimas da ditadura militar terão ajuda psicológica nas 'Clínicas do Testemunho'
Projeto visa dar atendimento a ex-presos e perseguidos políticos e suas famílias
22 de março de 2013 | 15h 53
RIO -Entrar com um processo de reparação econômica pelos danos sofridos durante a ditadura ou depor na Comissão da Verdade, que investiga violações aos direitos humanos cometidos entre 1946 e 1988, é umadolorida volta ao passado. Reunir documentos, puxar pela memória, relatar fatos, datas e nomes são providências necessárias, mas penosas. Pensando nas pessoas que tomaram essas iniciativas e em outrasvítimas da violência do Estado, a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça lançou o projeto Clínicas do Testemunho, que prestará durante dois anos atendimento psicológico a ex-presos eperseguidos políticos e suas famílias.
Veja também:
Filho de Herzog levará à CBF petição contra Marin
'Fiesp financiou a tortura', afirma ex-marido de Dilma

Fabio Motta/AE
Torturada entre 1970 e1974, Ana Miranda procurou atendimento no Tortura Nunca Mais, em 2001
Quatro projetos-piloto começarão os atendimentos - dois em São Paulo, um no Rio de Janeiro e um em Porto Alegre, com investimentosfederais de R$ 2,4 milhões. Um quinto projeto, em Recife, é patrocinado pelo governo de Pernambuco, ao custo de R$ 600 mil. O primeiro passo é a chamada pública de adesão voluntária ao projeto, quecomeçou esta semana e vai até 6 de abril. Em outra frente, o projeto capacitará profissionais de saúde mental para o atendimento a vítimas do abuso estatal.
"A ideia surgiu a partir dos dez anos deatuação da Comissão de Anistia e dos milhares de testemunhos colhidos voluntariamente. Esse processo histórico e político de dar voz aos que foram calados arbitrariamente, por si só, é terapêutico. Paramuitos, significa a libertação do peso da imposição do silêncio e do esquecimento. Sentimos que era preciso um passo adiante. O dever de reparação, como se sabe, é imprescritível. E cabe ao Estado,...
tracking img