Historia da moveis gazin e seus demonstrativos de sucesso

metodologia de pesquisa científica
psicologia Organizacional
estatística
direito empresarial e trabalhista contabilidade de custo

SUMÁRIO
1.Introdução................................................................................................................3
2. Entrevista com Mario Valerio Gazin.....................................................................4
3.Conclusão...............................................................................................................9
4. Referencia ............................................................................................................10



1.Introdução
Vou começar dizendo que eu não poderia fazer esta entrevista em outra empresa que não fosse a Móveis Gazin, trabalhei na empresadurante quatro anos e posso dizer que a Gazin é um aprendizado de como administrar bem e com consciência, competência e determinação uma empresa. A Gazin assim como os seres vivos, busca a vida, a longevidade e a melhoria continua. Assim vou apresentar neste trabalho, mostrando a historia da gazim de como ela começou e de como ela esta crescendo, mostrando também com gráficos.

2. Entrevista com oempresário Mario Valério Gazin
A entrevista foi feita com o paranaense Mário Gazin, ele mora em Douradina, cidade de pouco mais de 7 000 habitantes no Paraná. É dali que Mario Gazin, de 60 anos, comanda a Móveis Gazin, rede que vende móveis e eletrodomésticos numa faixa que vai do Paraná ao Acre, ao longo da fronteira oeste do Brasil. Mário Gazin diz "Cada café é pago, até mesmo o meu, porquesenão o pessoal abusa", diz ele. Pequenos custos e grandes metas são obsessões que Gazin cultiva com métodos fora do comum. Nos últimos cinco anos, a Móveis Gazin dobrou suas receitas, que ultrapassaram 1 bilhão de reais em 2010. Gazin, que fez apenas o primeiro ano primário, virou empreendedor quando, aos 17 anos, vendeu um jipe da família para comprar uma loja de móveis. “Meu pai era lavrador nasfazendas de café do Paraná nos anos 60. Trabalhei com ele quando menino. Aos 11 anos, arrumei dois empregos e deixei a enxada. Durante o dia, era sapateiro. À noite, era empregado na padaria da família da diretora do colégio. Ela gostava de mim. Eu contei que tomaria uma surra em casa se fosse reprovado. A diretora trocou as notas no meu boletim e me deixou ir para o 2o ano primário, que nãocompletei porque o trabalho tomava muito tempo. Meses depois, fui trabalhar com o filho dela, que era dono de lojas de móveis. Quando eu estava com quase 17 anos, ele decidiu fechar a filial que tinha em Douradina, município vizinho de Cidade Gaúcha, onde eu morava. Achei que seria bom se eu pudesse comprar aquela loja. Então eu e meu pai vendemos um jipe da família para o pagamento. Com seis anos devida, a Móveis Gazin já vendia eletrodomésticos e bicicletas. Em 1975 aconteceu um geadão forte que acabou com o café no Paraná. O pessoal começou a migrar para o Centro-Oeste e para o Norte para fugir das geadas. Essas pessoas eram nossos clientes. Então, fomos atrás delas, abrindo lojas em Mato Grosso e em Mato Grosso do Sul. Depois inauguramos filiais em Rondônia, no Acre e num pedacinho doAmazonas. Até a nossa décima loja fomos crescendo assim, correndo atrás dos clientes. Depois, fomos ocupando os espaços nas cidades que ficavam pelo caminho. Nesse grande Oeste brasileiro encontramos nossa vocação como varejistas. Embora tenha aprendido a ler, escrever e fazer contas, eu me achava um analfabeto. Por isso, tinha um medo danado de quebrar a empresa, e me forçava a aprender. Em 1977,ouvi falar de um seminário para empreendedores em Londrina. Os palestrantes falaram que era preciso investir na marca. Aquela era uma idéia totalmente nova para mim. Achei bom aquilo e até melhorei umas coisinhas no jeito como tratávamos a marca nas lojas. No ano seguinte fui a um seminário no Chile. Fui de ônibus, numa viagem de sete dias. Lá havia americanos, japoneses, gente do mundo todo...
tracking img