Hiper/supermercados rupturas de estoque

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5093 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário


1. GRUPO PÃO DE AÇÚCAR 2
2. RUPTURAS DE ESTOQUE 2
2.1 Principais causas das Rupturas 2
3. EFEITOS DAS RUPTURAS NO VAREJO 5
3.1 Efeitos no varejo 5
3.2 Efeitos no fabricante 6
3.3 Os efeitos variam conforme o produto 6
4. COMO MINIMIZAR AS RUPTURAS 7
4.1 Gerenciamento de pessoas 7
4.2 Valorização das pessoas 8
4.3 Métodos de Treinamento 9
4.4 Avaliação de um Programa deTreinamento 9
4.5 Inventários 10
4.6 Curva ABC e medição 10
4.6.1 O passo a passo da medição 10
4.6.2 Quem deve fazer a medição 11
4.6.3 O que analisar 12
4.6.4 Quando realizar a medição 14
4.6.5 Como realizar a medição 15
4.7 Layout da Loja 16
4.8 Processo de pedido e recebimento 17
4.9 Organização do estoque 20
4.10 VMI (Vendor Managed Inventory) 20
4.11 RFID (Radio FrequencyIdentification) 21
5. PESQUISA DE CAMPO 22
6. CONSIDERAÇÕES FINAIS 26
7. REFERÊNCIAS 27










1. GRUPO PÃO DE AÇÚCAR

Fundado em 1948, o Grupo Pão de Açúcar foi pioneiro no setor varejista de alimentos no Brasil. O Grupo Pão de Açúcar, que completou 60 anos em 2008, é hoje a maior empresa de distribuição do país com mais de 1300 unidades, entre super e hipermercados, lojasespecializadas, atacarejo (cash&carry), além de postos de combustíveis e drogarias. Ao se unir à Casas Bahia, a empresa passou a ser o maior empregador privado do País, com mais de 140 mil funcionários e mais de 1.800 lojas. A companhia mantém operações em 18 estados de todas as regiões do Brasil e Distrito Federal, totalizando mais de 2,8 milhão de m² de área de vendas.
• 103 Hipermercados;
• 224Supermercados.
2. RUPTURAS DE ESTOQUE

Ruptura na cadeia supermercadista é a falta na gôndola do produto que o consumidor veio comprar. É comum fornecedores e varejistas medirem os índices de serviços logísticos, porém cada qual usa sua própria métrica, o que dificulta enormemente o entendimento do problema, especialmente quando o mesmo fato é registrado de forma diferente pelos envolvidos, e ainda porna maioria das vezes as estatísticas serem feitas apenas até o centro de distribuição ou depósito de loja sem realmente chegar à solução do problema até a gôndola. As vendas perdidas quando falta um produto na gôndola dependem da atitude do consumidor no momento da compra: havendo urgência, a atitude muda, ou sendo uma compra de impulso, essa se perde definitivamente. Para caso de produtos sazonaisas perdas são ainda mais críticas, muitas vezes inexistindo a possibilidade de reposição.

2.1 Principais causas das Rupturas

Acuracidade de inventário: um inventário mal feito ou mal controlado pode apontar a existência ou a falta de um item no depósito da loja ou do centro de distribuição, acarretando em ruptura ou compra sem necessidade.

Perdas e roubos: o manuseio de produtos deum determinado local a outro fora de especificações de tratamento da embalagem podem acarretar em avaria dentro do depósito da loja ou centro de distribuição, ou ainda na própria gôndola podem ocorrer avarias efetuadas pelos consumidores. Roubos de cargas e roubos dentro do ponto de venda também são fatores de rupturas.

Reposição de gôndolas: as responsabilidades para reposições de produtosnas gôndolas são determinadas entre as partes (fornecedor e lojista). Os repositores e promotores, assim chamados aqueles que são responsáveis por abastecer as gôndolas, devem ter atenção na exposição e disposição do produto, na freqüência com que ele visita as lojas e também no controle do estoque da loja, apontando as necessidades de reposição.

Nível de serviço do fornecedor: muitas vezes osfornecedores são causadores de rupturas por terem uma freqüência de abastecimento ineficiente, problemas de produção, lead time de entregas, produtos entregues fora das especificações (quantidade e qualidade) e até mesmo a falta do produto no próprio fornecedor.

Sistemas de pedidos das lojas: as lojas possuem horário para realizarem os pedidos, passado esse horário o CD não terá tempo...
tracking img