Hemorroidectomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1815 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola de Enfermagem “José Maria de Alkimim”
Curso: Auxiliar de Enfermagem
Disciplina: Enfermagem Cirúrgica

Hemorroidectomia

Professora: Mestra Paulina de Souza
Aluna: Maria Teresa Duarte de Medeiros
2º módulo- 2011

Sumário
Introdução03
Definição04
Noções de anatomia 04
Posição para a cirurgia05
Anestesia05
Etiologia05
Sinais e sintomas06
Diagnóstico06
Tratamento08
CuidadosPré-operatórios09
Cuidados Pós-operatórios09
Complicações Pós-operatórias 10
Orientações Pós Alta11
Considerações Finais12
Referências 13
Glossário 14



* Introdução
Quando se fala em hemorroidas, o preconceito vem à tona e muitas pessoas que possuem a doença não procuram tratamento médico. Não existem dados precisos sobre a incidência no Brasil, mas segundo especialistas, asentrevistas apontam que 5% a 12% da população sofrem com a doença. No entanto, apenas 5% destes procuram auxílio médico. Outros dados mostram que 50% da população têm ou vai ter sintomas relacionados à doença em algum momento da vida. A faixa etária com maior incidência do problema está entre 45 e 65 anos.
A doença hemorroidária, conhecida popularmente como hemorroidas, consiste na dilatação dosvasos presentes na região do ânus, em sua parte interna, de maneira semelhante às varizes das pernas, podendo causar desconforto como sensação de volume no ânus, dor, sangramento e, nos casos mais avançados, a saída das hemorroidas pelo ânus após a evacuação, tecnicamente denominado prolapso hemorroidário.

Hemorroidectomia
* Definição

Ectomia – Remoção cirúrgica
Hemorroidectomia - Aoperação consiste na dilatação do esfíncter retal e a remoção das veias varicosas.

* Noções de Anatomia
O canal anal apresenta três mamilos hemorroidários, que são plexos venosos (conjunto de veias), responsáveis pela drenagem do sangue da região anal. Estes mamilos também têm como função proteger o canal anal de algum trauma durante a evacuação, trabalhando como um amortecedor. Além disso, osmamilos são responsáveis por 15 a 20% da continência fecal, já que ocupam um espaço importante no canal anal.
A dilatação das veias destes mamilos é conhecida como hemorróida.
Hemorróidas – são veias varicosas no ânus e no reto. Podem ocorrer em duas localizações: acima do esfíncter externo – hemorróidas internas, e fora do esfíncter externo – hemorróidas externas. O esfíncter fecha o orifício analexceto durante a evacuação. As hemorróidas externas aparecem como pequenas protuberâncias, de aspecto arroxeado no bordo anal.

* Posição para cirurgia

Deve ser efetuado com o paciente em decúbito ventral ou na posição ginecológica.

* Anestesia
Geral ou Raquianestesia
* Etiologia

O aparecimento dos tumores intra-abdominais, fatores hereditários, gravidez, idade e outrascausas, são responsáveis pelas hemorróidas:
1- Gestação e parto: em virtude da pressão que o feto exerce sobre as veias da parte inferior ao abdome;
2- Halterofilistas: devido ao aumento da pressão intra-abdominal;
3- Vida sedentária: diminui o estimulo para a digestão dos alimentos e a irrigação sanguínea no ânus;
4- Constipação intestinal (prisão de ventre);
5- Hereditariedade:fator importante na gênese das hemorróidas, sendo comum observar o relato de vários casos em uma mesma família;
6- A permanência em pé ou sentado durante períodos de tempo prolongado;
7- Fatores alimentares: álcool, temperos e condimentos picantes;
8- Diarréia crônica;
9- Sexo retal: pode produzir fissuras numa região muito vascularizada;
10- Dieta pobre em fibras e pequenaingestão de líquidos;
11- Esforço para evacuar
12- Prender as fezes com frequência, evitando defecar sempre que há vontade;
Independentemente da causa, os tecidos da parede do reto e do canal retal sofrem um estiramento importante que interfere com a sua função de suporte, favorece a dilatação dos vasos sanguíneos cujas paredes se tornam mais finas e altera a sua posição fisiológica.
Em...
tracking img