Hcafro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (255 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo: Democracia racial

Trabalho apresentado na disciplina
História da Cultura Indígena Afro-brasileira da
Universidade Regional da Bahia
Orientador: Jorge BispoSalvador Bahia
Setembro / 2012


Resumo apresentado através das alunas:


Adrielly Moura
Jessica Bispo
Mainã Bispo
Maíra Batista
Marcelle DuarteSalvador Bahia
Setembro / 2012


A democracia racial não existe de fato no Brasil, e existe sim, um mito em torno do assunto. O mito da democracia entre raças,tem como intuito negar a desigualdade social entre brancos e negros no país como fruto do racismo.
Este mito ao mesmo tempo, que nega a discriminação racial contra osnegros, cria e perpetua estereótipos.
O sociólogo Gilberto Freyre, por meio do livro Casa-Grande Senzala, divulgou o mito da democracia racial, ao afirmar que “as raçasformadoras da nossa sociedade conviviam em harmonia”. Ele via a miscigenação do Brasil como uma forma de orgulho. Porem não considerava que tal mistura foi construída em cima dadominação, colonização e sobretudo uma violência sexual em relação ás negras e índios. A visão de Freyre apresenta tais relações sociais, quanto a visão do senhor patriarcal.O movimento negro tem sido um ator social na exterminação do mito na democracia racial no Brasil, tendo como expectativa de construir um país que de fato apresente ecrie condições dignas de vida e oportunidades iguais para toda a sociedade, principalmente para os grupos sociais e ético-sociais que vivem na realidade discriminação eexclusão.
Se de fato a sociedade fosse democrática, aí sim existiria respeito e valorização as diversidades.









Salvador Bahia
Setembro / 2012
tracking img