Guia rapido de enfermagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1854 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Apresentação
Guia Rápido é um trabalho realizado pelos alunos do primeiro período de enfermagem da faculdade UNIDERP-ANHANGUERA que visa os principais conceitos e passo a passo para que o profissional da área de saúde contemple no seu exercício diário de ética e autonomia.
Este trabalho contribui diretamente com a nossa missão de distinguir princípios éticos e morais que regem a nossa vidaprofissional e moral como enfermeiros, e através desses fatores podemos identificar problemas éticos na vida profissional e assim tomar decisões diante deles.
Podemos também conhecer a legislação especifica que rege a conduta e o desempenho profissional da equipe de enfermagem. Neste guia rápido veremos que o código de ética dos Profissionais de Enfermagem estar organizado por assunto e incluiprincípios, direitos, responsabilidades, deveres e proibições pertinentes a conduta ética dos Profissionais de Enfermagem.
Esta norma considera a necessidade e o direito de assistência em Enfermagem da população, e dos interesses do profissional e da sua instituição, assim consideramos que ética é um dos mecanismos de regulação das relações sociais do homem que visa garantir a coesão social eharmonizar interesses individuais e coletivos. Na atualidade, vivenciamos uma sociedade pluralista onde coexistem diferentes compreensões e interpretações sobre os princípios e valores ético-sociais.

Índice
Aprezentação.............................................................................................3
PrincípiosFundamentais............................................................................5
Deveres e direitos do cliente.....................................................................6
Responsabilidades e direitos do prestador de serviço..............................7
Competências para aplicabilidade da ética...............................................8
Relatório de observação eaplicabilidade..................................................10
Conclusão................................................................................................11
Referências bibliográficas........................................................................12



Princípios Fundamentais
Todas as teorias éticas contem um ou mais princípios, que são iguaispara tomadas de decisões e ações morais e sustentam a formação de juízos morais na pratica profissional, os princípios éticos são universalmente importantes para todas praticas de saúde, mas a maneira como eles são aplicadas pode, em determinada situação, definir de uma cultura para outra. Entre os muitos princípios de ética que guiam a pratica da enfermagem, podemos citar os mais comuns:
I.Beneficência ou benevolência – principio ético de fazer o bem e evitar o mal para o sujeito ou para sociedade. Agir com benevolência significa ajudar os outros a obter o que é beneficio para eles ou que promova o bem estar deles, reduzindo os riscos maléficos, ou que possam lhes causar danos físicos ou psicológicos.
II. Não maleficência – uma vez determinados os modos de beneficência, o enfermeiroprecisaria preocupar-se com o modo de distribuir esses benefícios ou recursos entre seus pacientes. Seria o principio de causar o mal ou danos aos seus pacientes.
III. Fidelidade- principio de criar confiança entre o profissional e o paciente. Trata-se de uma obrigação ou compromisso de ser fiel no relacionamento com paciente, em que o enfermeiro deve cumprir promessas e manter a confiabilidade. Aconfiança é base para confidencia espontânea.
IV. Justiça – principio de ser equitativo ou justo, isto é, igualdade para trato entre iguais e tratamento diferenciado entre desiguais de acordo com a necessidade individual.
V. Veracidade – principio ético de dizer sempre a verdade não mentir nem enganar pacientes.
VI. Confidencialidade – principio ético de salvaguarda a informação de caráter...
tracking img