Guerra do golfo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1551 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A Guerra do Golfo: uma leitura.

Produção/texto/recepção



O capitulo apresentado a seguir faz uma leitura de como o uso da mídia pode iludir os cidadãos em eventos políticos, em particular a “Guerra do Golfo”. Nele é analisado como foi a manipulação da mídia durante a guerra para com o publico. Para explicar o fato um estudo multiperspectívico é utilizado: 1ª perspectiva na produção dostextos; 2ª perspectiva de interpretação dos textos por parte do publico; 3ª os efeitos, os usos do publico perante estes textos. Isso tudo para realização de uma analise mais completa da “Guerra do Golfo”.

Para o entendimento dos dois textos “Crise do Golfo” e “Guerra do Golfo”, é preciso analisar as notícias, a censura feita e propagandas produzidas da grande mídia, que é entendida como osgrandes jornais, revistas e redes de TV dos EUA. Na analise é mostrado que com o ataque do governo americano ao Iraque, a mídia apoiou os EUA na intervenção militar. Os textos produzidos privilegiavam o governo Bush e a mídia demonstrava total apoio, fazendo propaganda á atitude militar sem nenhuma critica. O governo fez a manipulação da mídia, ao “desinformar” em reportagens, que os iraquianos tinhama intenção de invadir a Arábia Saudita por sua riqueza de petróleo – sendo que de fato não havia essa intenção. Por essa manipulação de informações, os EUA, se apoiaram no fato para invadir o Iraque com sua tropa militar em 1990. As analises da imprensa com relação á crise do Golfo faziam falsas considerações á Hussein – que era acusado de querer invadir a Arábia Saudita. Na verdade osjornalistas em suas matérias incitavam Bush a bombardear o Iraque para ocorrer a queda de Hussein e defender o petróleo da Arábia Saudita. O governo iraquiano, na verdade, era a favor de atitudes diplomáticas, como já havia feito antes, mas Hoagland (editor de jornal e principal correspondente) dizia á Bush, em seus textos, para ser enérgico e salvar seu mandato.

A omissão das informações verdadeiras porparte do governo americano e do jornal Washington Post, com relação à diplomacia dos iraquianos, foi usada para fazer a propaganda do governo e alterar o entendimento do publico e favorecer a imagem de Bush, sem que ficasse mau visto ao enviar as tropas para o Iraque. As desinformações eram produzidas pelo governo americano e repassadas aos grandes meios de comunicação e estes as reproduziam semnenhuma critica e contestações. Bush dizia que a Arábia Saudita pediu ajuda e assim aconteceu o envio das tropas, mas relatórios do próprio governo tinham registros de que o EUA pressionaram os sauditas para invadir o país. A grande mídia divulgava dados e fatos sobre as tropas americanas na Arábia Saudita, produzindo a desinformação como o governo americano desejava e reafirmar os argumentoscontra o Iraque. Um exemplo disso é o fato que o governo Bush criou onde cem mil tropas iraquianas estavam na fronteira para invasão da Arábia Saudita, sendo que não havia tropa alguma, isso tudo sendo comprovado com fotos manipuladas. Essa situação toda era apoiada pela mídia que sustentava os argumentos do governo americano e era contraria á imprensa pacifista (que apoiava a intervenção da ONU naguerra) não dando espaço para tais opiniões discordantes.

É possível afirmar que a campanha feita pelo pentágono e o governo Bush foi bem sucedida, ganhando apoio ao enviar as tropas americanas. Para o sucesso da campanha foi contrata a agência de relações públicas Hill & Knowlton para formar a imagem negativa dos iraquianos, manipulando os cidadãos americanos para aceitar a guerra e tornandoimpossível uma negociação com o Iraque. Além da campanha, o governo americano censurava as reportagens da imprensa, sendo que os jornalistas eram acompanhados por militares a lugares determinados nos campos de batalha, assim eram controladas as imagens e informações produzidas na Guerra do Golfo. Os soldados discordantes da invasão no território saudita eram silenciados pela imprensa devido a mesma...
tracking img