Guerra arabe

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1462 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Guerra árabe-israelense de 1948

A guerra árabe-israelense de 1948, geralmente conhecida pelos israelenses como Guerra da Independência ou Guerra da Liberação e considerada pelos palestinos como parte de al-Nakba, isto é, 'A Catástrofe', começou em 15 de maio de 1948, logo após a declaração de independência de Israel, e terminou após os vários acordos de cessar-fogo entre israelenses e árabes,firmados entre fevereiro e julho de 1949.
A guerra foi um desdobramento da Guerra Civil na Palestina Mandatária (1947-1948). A guerra foi declarada pelos estados árabes, que haviam rejeitado o Plano da ONU de Partição da Palestina (Resolução 181 das Nações Unidas), segundo o qual a Palestina, ainda sob mandato britânico, seria dividida em um estado árabe e um estado judeu.
Os confrontos tiveraminício em 15 de maio de 1948, logo após a declaração de independência de Israel, que precipitou o fim do Mandato Britânico na Palestina, quando já estava em curso uma guerra civil na Palestina, iniciada em 1947.
O cenário principal da guerra foi o antigo território do Mandato, mas também incluiu, durante um curto período, a península do Sinai e o sul do Líbano. O conflito terminou com os acordosdo armistício israelo-árabe de 1949 e vários acordos bilaterais de cessar-fogo, firmados entre fevereiro e julho de 1949.
A maior parte dos eventos a que os palestinos árabes se referem como A Catástrofe teve lugar em meio a essa guerra.
Antecedentes
Em 1917, a Palestina abrigava, dentro de uma área de 26 mil km², uma população de um milhão de palestinos e 100 mil judeus e ainda se encontravasob o domínio do Império Otomano. Com a derrota dos turcos na Primeira Guerra Mundial, a Palestina é colocada sob controle britânico, através de mandato recebido da Liga das Nações, em 1922.
Em 1921, os britânicos fizeram a partilha do território do Mandato, separando quase 80% para a criação de uma entidade árabe, chamada Transjordânia (futura Jordânia). Os 20% restante, seriam destinados àcriação de um futuro lar nacional para o povo judeu, conforme previsto na Declaração Balfour de 1917.
O fim da Segunda Guerra Mundial, porém, marcará o fim dos grandes impérios coloniais, que se haviam enfraquecido com o conflito. Os Estados Unidos emergem como potência econômica e militar, ao lado da União Soviética, que havia adquirido prestígio e poder em função do seu papel decisivo na vitóriasobre a Alemanha. Inaugurava-se um período caracterizado por um novo tipo de disputas. Baseado na divisão do mundo em esferas de influências atribuídas a cada uma duas nações hegemônicas, este período será conhecido como Guerra Fria.
O atrocidades cometidas contra os judeus pelo regime nazista alemão colocaram o Ocidente diante do dever moral de atender à antiga reivindicação sionista de criação deum Estado judeu. O Plano de Partição da Palestina foi apresentado pelo UNSCOP (United Nations Special Committee on Palestine), liderado pelos Estados Unidos e União Soviética, às Nações Unidas e consistia basicamente na divisão da Palestina em um estado judeu, cuja área corresponderia a 55% do total (5.500 acres), e um estado palestino, com 45% (4.500 acres). A proposta foi rejeitada pelos árabes.Quando foi criada a ONU, em 1945, a Palestina ainda era território administrado pela Grã-Bretanha. Entre as questões prioritárias a serem tratadas pela Organização estava a da criação de um "lar nacional judeu". O crescimento da imigração judaica para a Palestina, organizada pelo movimento sionista, encontrava forte objeção por parte da população árabe local, que, em meados da década de 1940representava aproximadamente 2/3 dos habitantes do território - cerca de dois milhões de pessoas. Tendo em vista a escalada da violência entre judeus e palestinos, a Inglaterra decidiu, em fevereiro de 1947, levar a questão à ONU. Naquele ano, a Palestina já tinha uma população de 1 milhão e 300 mil palestinos e 600 mil judeus.
Em 29 de Novembro de 1947, o representante brasileiro Osvaldo Aranha...
tracking img