Grupo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2737 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Grupo segundo Madalena Freire
Segundo Pichon-Rivière pode-se falar em grupo, quando um conjunto de pessoas movidas por necessidades semelhantes, se reúnem em torno de uma tarefa específica. No desenvolvimento das tarefas, deixam de ser um amontoado de indivíduos, para cada um assumir-se enquanto participante de um grupo com objetivo mútuo. Isto significa, também, que cada participante exercitousua fala, sua opinião, seu silêncio, defendendo seus pontos de vista, descobrindo que, mesmo tendo um objetivo mútuo, cada participante é diferente. Cada um do grupo tem sua identidade - cada indivíduo vai introjetando o outro dentro de si. Isto significa que cada pessoa, quando longe da presença do outro, pode “chamá-lo” em pensamento, tanto individualmente quanto com os outros do grupo. Estefato assinala o início da construção em grupo enquanto comportamento de indivíduos diferenciados, o qual Pichon-Rivière denomina de “grupo interno”. O indivíduo é um ser “geneticamente social” (Wallon) A identidade do sujeito é um produto das relações com os outros. Neste sentido, todo indivíduo está povoado de outros grupos internos da sua história, que o acompanham na sua solidão, em momentos dedúvidas e conflito, dor e prazer. Desta forma, estamos sempre acompanhados por um grupo de pessoas que vivem conosco permanentemente. Em termos gerais, a influência deste grupo interno permanece inconsciente. Algumas vezes, só no esquecimento (pré-consciente), não damos conta que estamos repetindo,reproduzindo estilos, papéis, que têm que vir com vínculos arcaicos, onde outros personagens jogam pornós. Todos esses integrantes do nosso mundo interno estão presentes na hora de qualquer ação, na realização de uma tarefa. Por isso, nosso individual nada mais é que um reflexo; onde a imagem de um espelho que nos devolvem é a de um “eu” que aparenta unicidade, mas que está composto por inumeráveis marcas das falas, presenças de modelo dos outros. Tipos de grupos Segundo Wallon há dois tipos degrupos: primário e secundário. A família é um grupo primário. Secundários são os grupos de trabalho, estudo, instituições, etc. Em todos eles encontramos um lugar, um papel, uma forma de estar,que por sua vez, constitui nossa maneira de ser. Nesse espaço desempenhamos nosso papel, segundo nossa história e as marcas que trazemos conosco. Durante nossa infância, em nosso grupo primário tivemos um espaçoque ocupamos como o único papel possível. Se examinarmos nosso grupo familiar, observaremos como cada irmão tem seu papel dentro do grupo, e como nós também desempenhamos o nosso. Há o que sempre agüenta as situações difíceis, outro que deixa levar pelas situações emocionais, outro que ajuda a conter o ódio, outro que faz a mediação, outro que está sempre em divergência, outro que prefere fazerque está ausente, que não lhe diz respeito, outro que assume o denunciar permanentemente. Estes papéis se mantêm ao longo da vida. Quando não suficientemente pensados, elaborados conscientemente, educados, cristalizam-se, assumindo uma forma estereotipada, onde a repetição mecânica do mesmo papel acontece. Como se forma a estrutura? Segundo Pichon-Rivière, a estrutura dos grupos se compõe peladinâmica dos 3D. O depositado, o depositário e o depositante. O depositado é algo que o grupo, ou o indivíduo, não pode assumir no seu conjunto e o coloca em alguém, que por suas características permite e aceita. Estes, que recebem nossos depósitos, são nossos depositários e nós que nos desembaraçamos destes conteúdos, colocando-os para fora de nós, somos os depositantes. Podemos observar em qualquergrupo (secundário) de adultos como distribuem-se esses papéis e tarefas implícitas. Há os que se encarregam sempre de romper esses silêncios embaraçosos, os que com uma piada ou uma saída criativa desfazem uma tensão, os que sempre estão contra ou se fazem de “advogado do diabo”, os que se encarregam de carregar a

culpa e, mesmo reclamando, aceitam o depósito de “bode expiatório”, os que...
tracking img