Governo costa e silva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (989 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Governo Costa e Silva



Marechal Artur da Costa e Silva (Taquari, 3 de outubro de 1902— Rio de Janeiro,17 de dezembro de 1969) foi um militar e político brasileiro, o segundo presidente doregime militar instaurado pelo Golpe Militar de 1964.

Tomou posse no dia 15 de março de 1967. O período de seu governo foi marcado por forte agitação política, com importantes movimentos populares epolíticos de oposição, como a Frente Ampla, liderada por Carlos Lacerda e apoiada por Juscelino Kubitschek e João Goulart. Este movimento tinha como proposta a redemocratização, anistia, eleiçõesdiretas para presidente e uma nova constituinte.

Após a saída de Castelo Branco do governo, em março de 1967, o aumento dos protestos contra o regime militar abriu caminho para que os militares dachamada “linha dura” guiasse a vida política do país com o objetivo de desarticular as oposições. Dessa maneira, a candidatura de Arthur Costa e Silva – expressivo líder dos setores mais repressivos –ganhou força para que as liberdades democráticas fossem aniquiladas e o regime finalmente consolidado.

No campo econômico, o governo Costa e Silva buscou aplicar uma política de desenvolvimento capazde aproximar os setores médios ao novo regime. Por isso, Costa e Silva convocou os tecnocratas para assumir dois importantes postos ministeriais: Delfim Neto para o Ministério da Fazenda e HélioBeltrão no Ministério do Planejamento. Com o apoio dessas duas figuras, o governo desenvolveu o Plano de Ação Econômica do Governo (PAEG).

Esse plano tinha como principais metas conter o processoinflacionário e a retomada do crescimento econômico nacional. Para tanto, o governo empreendeu uma série de mudanças que reduziam o consumo por meio do congelamento salarial e a abertura da economia aocapital estrangeiro. Ao mesmo tempo, os militares favoreceram os trabalhadores especializados de classe média abrindo a concessão de créditos para que essa parcela da população vivesse uma eufórica...
tracking img