Gestao-de-estoques-no-sistema-just-in-time-uma-

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5552 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Gestão de Estoques no Sistema Just in Time: Uma Adequação aos Novos Tempos Rafael Marques Ribeiro1

Resumo: Muitas organizações trabalham com o sistema de estoques, mas, no entanto, sentem a necessidade de reduzi-lo, pois além de ser responsável por elevados custos de sua manutenção, podem apresentar perdas. Tal situação compromete também a resposta à demanda, já que esta deseja receber oproduto quando necessita e deseja. Para auxiliar nesta questão, a empresa deve definir qual será a sua política de produção. O modelo Just in Time tem sido defendido por muitos teóricos como o modelo de produção mais adequado, já que os benefícios conquistados são inúmeros por empresas que já o utilizam. Palavras-chave: Estoque; Just in Time; Produção; Demanda. 1. INTRODUÇÃO Estoques são acumulações dematérias-primas, suprimentos,

componentes, materiais em processo e produtos acabados que surgem em numerosos pontos do canal de produção e logística da empresa. A visão tradicional de gestão de estoques diz que os produtos devem permanecer estocados por diversos motivos, dentre os quais, podemos citar: acomodar variação nas demandas, produzir lotes econômicos em volumes acima do que realmenteé necessário, para não perder vendas, dentre outros. Contrapondo-se a este modelo tradicional, o modelo Just in Time, resumidamente chamado de JIT, foi desenvolvido na Toyota Motor Company, no Japão, após a II Guerra Mundial e é parte fundamental da filosofia japonesa de produção. A experiência japonesa se deu com base nas circunstâncias econômicas e logísticas diferenciadas que imperaram em seupaís nos últimos 40 anos. Pode-se dizer que a técnica foi desenvolvida para combater o
1

Graduando em Administração

Universidade Estácio de Sá – Macaé, RJ. adm.rafael@edu.estacio.br

2

desperdício, pois buscava ser um sistema em que pudesse coordenar precisamente a produção com a demanda por diferentes modelos e cores de veículos com o menor nível de estoque, e de capital de giropossível. Toda atividade que consome recursos e não agrega valor ao produto é considerada um desperdício. Desta forma, estoques que custam dinheiro e ocupam espaço, transporte interno, paradas intermediárias – decorrentes das esperas do processo, refugos e retrabalhos são formas de desperdício e consequentemente devem ser eliminadas ou reduzidas ao máximo. Com isso, conclui-se que o JIT teria nascido emfunção de restrições de capital de giro e cujo objetivo principal é ter disponível apenas o estoque necessário para atender às necessidades imediatas de produção. O sistema JIT é uma derivação do sistema japonês “Kanban”, cuja palavra significa cartão ou tíquete. Sendo que o método Kanban corresponde a um sistema manual de informações desenvolvido pela Toyota a fim de operacionalizar o Just inTime. O Kanban é na verdade uma ferramenta de apoio ao sistema JIT, para que o objetivo deste modelo de produção seja alcançado. Vale ressaltar que as empresas, hoje, têm custos elevados em seus setores de produção, e o setor de estoques normalmente é responsável por elevadas cifras. Reduzir esses custos é uma tarefa fundamental e diária nas mais diferentes organizações. E ao adotarem o modelo just intime, acreditam que além de enxugar o processo, terão reduções significativas em seus custos com estoques. O JIT é hoje um dos modelos de produção mais adotados em termos mundiais, por ser um exemplo claro de sucesso, como obteve a própria Toyota, que o desenvolveu. A mudança no modelo de produção exige das pessoas envolvidas uma mudança de pensamento e uma total quebra de paradigmas, porque énecessário para que o sucesso do sistema seja alcançado. É claro que mudanças no início podem trazer uma série de transtornos, mas com o tempo percebe-se que uma decisão correta foi tomada. Muitas empresas utilizam o modelo JIT sem conhecê-lo, desenvolvendo em seus setores produtivos apenas as idéias do modelo. E há empresas que não adotaram, mas é notável o problema que apresentam em relação...
tracking img