Geraldo r. caravantes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1266 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Segundo a lei da Percepção, para a interpretar a informação dos estímulos captados pela visão, o homem serve-se de algumas estratégias, como a:
Tendência à estrutura – de acordo com esta estratégia, o indivíduo é levado, de uma forma natural, a organizar ou a estruturar os diferentes elementos que aparecem no seu campo de estimulações. Essa estrutura pode ser feita de 2 maneiras:
ü Pelassemelhanças, ou seja, quando os elementos visuais que têm cor, forma ou textura semelhantes, são vistos como pertencentes de uma mesma categoria, de uma mesma estrutura.
ü Pelas proximidades, ou seja, quando mais próximo, maior a possibilidade de agruparmos os objectos.
Segregação Figura-Fundo – segundo esta estratégia, o indivíduo vai percepcionar figuras definidas e salientes que se inscrevem emfundos indefinidos e reentrantes.
Pregnância ou Boa –Forma (Também conhecido por lei da continuidade) – traduz-se como a qualidade que determina a facilidade com que percepcionamos as formas como as figuras inscritas num fundo. Quando apresentam figuras ou objectos incompletos a tendência é percepcionar como completos. O indivíduo percepciona, de uma forma mais fácil, as figuras de boas formas, ouseja, simples, regulares, simétricos e equilibrados.
Constância perceptiva – esta estratégia é particularmente importante, porque graças a ela o mundo apresenta-se com uma relativa estabilidade. Desta forma, pode-se descrever como a capacidade de percepcionar um objecto com os seus atributos básicos, independentes da variedade sensorial com que ele se apresenta. Em relação à visão, convémsalientar, a constância de tamanho, de forma e de cor.
ü De tamanho – vem descrever o facto do tamanho percebido de um objecto ser o mesmo, esteja ele próximo ou afastado. Um dos factores que possuem um notável papel de resistência à mudança perceptual de tamanho é a familiaridade com os objectos.
ü De forma – já a forma, refere-se ao facto de percebemos a forma do objecto, independentemente do ânguloa partir do qual vemos.
ü Da cor – o individuo tende a ignorar o nível de iluminação, que incide sobre os objectos percepcionados.
Percepção da profundidade e da distância
Indicadores Fisiológicos
- Acomodação do cristalino
- Convergência binocular
- Disparidade retiniana
Indicadores Ambientais
- Contraste luz-sombra
- Perspectiva
- Tamanho relativo
- Nitidez
A percepção daprofundidade e da distância vem responder a um complicado problema perceptivo, ou seja, como percebemos o mundo em 3 dimensões se a imagem daquilo que vemos, e que se forma na retina, possui apenas duas dimensões? Só é possível mediante a um conjunto de variáveis inatas ligadas ao organismo (indicadores fisiológicos) e de variáveis apreendidas no contacto com o meio (Indicadores ambientais).
Indicadoresfisiológicos – são variáveis ligadas ao organismo que estão divididas em 3 partes:
ü Acomodação do cristalino, vai obrigar o cristalino (Espécie de lente natural que possuímos para focar os objectos) a contrair-se sempre que os objectos se encontrem a uma curta distancia dos olhos, ou a distender-se se esses se encontrem afastados.
ü Convergência Binocular é quando a posição relativa das linhasde visão alterasse sempre que olhamos para um objecto situado a distâncias diferentes. Termos dois olhos proporciona-nos um indício de profundidade muito importante, pois cada olho recebe uma imagem diferente do mesmo objecto. Assim, quando um objecto se encontra a mais de 15 metros, as linhas visuais são paralelas, por outro lado, se se encontra numa distância inferior, tornam-se concorrentes. Amobilidade ocular é de responsabilidade dos músculos oculares (Neles se produzem impulsos nervosos de que, provavelmente, não temos consiencia, mas que são fundamentais para a avaliação da profundidade dos objectos).
ü Disparidade retiniana – os nossos olhos se situam acerca de 6 cm de distância um do outro, recebendo cada um, uma imagem, um pouco diferente de um mesmo objecto, ou seja, as...
tracking img