Gastrite

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3306 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU












DOENÇAS NO ESTÔMAGO:
.GASTRITE
.ÚLCERA























Recife,2007
FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU





EQUIPE:





CURSO: NUTRIÇÃO MA
4º PERIODO






PROFESSOR: MÁRIO RIBEIRO




DISCIPLINA: PATOLOGIA GERALINTRODUÇÃO


O estômago é um órgão de extrema importância para o processo de digestão dos alimentos. Nele, encontramos vários tipos de células com diferentes funções. Algumas produzem enzimas que ajudam na quebra dos alimentos e outras produzem ácido clorídrico, que é responsável pelo ambiente ácido característico desse órgão. Normalmente, há produção de muco que reveste internamente a parededo estômago, protegendo as células da agressão pelo ácido. As principais lesões gástricas são gastrites e úlceras.
A gastrite é uma doença inflamatória que se caracteriza por acometimento da camada de tecido mais superficial que reveste o estômago, chamada de mucosa gástrica. Essa inflamação desenvolve-se como uma resposta normal do organismo quando ocorre uma agressão à sua integridade.Entretanto, essa resposta normal pode levar ao desenvolvimento de sinais e sintomas característicos dessa doença. A agressão que desencadeia o processo pode ser aguda ou crônica e, de acordo com seus tipos, podemos classificar as diversas formas de gastrite.
Úlcera é definida como uma lesão aberta, com perda de tecido, que ocorre na pele ou nas mucosas, ou seja, é uma ferida. A úlcera péptica é umalesão (ferida) da mucosa do aparelho gastrintestinal, que ocorre principalmente no estômago e no duodeno (porção inicial do intestino).

























DESENVOLVIMENTO


Gastrite

É definida como uma inflamação da mucosa gástrica. A inflamação pode ser aguda ou crônica, e avaliada por exame endoscópico e confirmada por biópsia. Podem ocorrer sintomas comoqueimação, dor epigástrica, desconforto abdominal nem sempre estão associados ao infiltrado inflamatório na mucosa gástrica. Em certos indivíduos pode ser assintomática.

Gastrite aguda

Refere-se a processo inflamatório agudo da mucosa gástrica, associada a causas endógenas ou exógenas, geralmente de curta duração. A inflamação pode ser acompanhada de hemorragia da mucosa e, em circunstânciasmais graves, pelo desprendimento da mucosa superficial. Essa forma erosiva grave da doença é uma causa importante de sangramento gastrintestinal agudo.

Etiopatogenia

A gastrite aguda encontra-se freqüentemente associada com:
—.Estado de baixo fluxo (choque)
— Estresse, incluindo doenças, traumatismo, problemas emocionais.
— Uso exagerado de antiinflamatório não-hormonais(AINH),particularmente a aspirina.
— Abuso de álcool
— Helicobacter pylori
—Tabagismo
— Uremia
— Substâncias tóxicas (intoxicação alimentar estafilocócica, agentes suicidas como ácidos, álcalis)
— Radiação

Patogênese

Os fatores a seguir são importantes para o desenvolvimento de gastrite erosiva ou hemorrágica.
— O ácido e a pepsina são necessários.
— Aumento da acidose do tecido da mucosa comsubseqüente diminuição da secreção da secreção de bicarbonato (“maré” alcalina).
— Redução do fluxo sangüíneo da mucosa, qualquer que seja sua base (choque, drogas, estresse), causando lesão hipóxica e comprometendo a secreção de bicarbonato.
— A ruptura da denominada barreira mucosa (isto é, a camada intacta das células epiteliais da mucosa superficial), permitindo a difusão retrógrada de íonshidrogênio e, por sua vez, aumento da eliminação das células superficiais. Dessa forma, as camadas profundas são expostas com potencial de ulceração.
Nem sempre está claro como as várias associações mencionadas na etiopatogenia interagem com essas influências patogênicas.O uso prolongado de antiinflamatório não-hormonais (AINH), particularmente aspirina, pode lesar as junções celulares, permitindo a...
tracking img