Fundamentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1574 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Unidade de Salvador – Bahia
Curso de Serviço Social
Fundamentos Teóricos e Metodológicos do Serviço Social I


|
Alexandrina Barreto Reis..................................RA:390753
Ana Rosa Lopes Félix.......................................RA:400815
Kelly Gonzaga de Jesus....................................RA:389737Márcia Trindade dos Santos Silva.... ...............RA: 391210


Simone Karine Ribeiro Dos Santos Almeida... RA: 395280

Atividade Prática supervisionada
Tutor a Distância: Aline Sena Santos
Salvador, 15/09/2012Em busca de emprego houve um êxodo rural significativo que levou ao inchaço nas grandes cidades, com mão -de –obra abundante a oferta logo ficou a desejar e o desemprego começou a se propagar.
O proletariado trabalhava com carga horária exorbitantes, levados ao estresse e sem garantia nenhuma , assim que adoeciam eram desempregados. Com o grande número de pessoas sememprego, começam a surgir os problemas sociais como; pequenos furtos, desabrigados e também o crescimento das favelas ao redor das indústrias.
O serviço social antes levado pelo interesse da burguesia, passa a assumir papel importante na melhoria de vida da classe do proletariado. Agora como função do estado, os assistentes sociais começam de fato a defender os interesses das classes dominadaspela burguesia, a dos trabalhadores
A partir da criação das instituições de assistência social como; CNSS (conselho nacional de assistência social) tinha como objetivo de centralizar as obras públicas e privadas; LBA (legião brasileira de assistência) com o objetivo de provê a necessidade das famílias. Neste momento a assistência era praticada pelas 1ª damas, com objetivo de controle social.Surge também a fundação leão XIII com o objetivo de atuar na favela que se formou nos centros urbanos. Depois surge o SESI (serviço social da indústria), para atuar no bem-estar dos trabalhadores nas indústrias.
Mesmo com mudanças do regime político e de crescimento econômico a classe trabalhadora seguia empobrecendo. Com o fim do milagre econômico houve um aumento no empobrecimento e asinstituições de assistência social começaram a ampliar seus atendimentos.
Em 1998 a assistência social fora reconhecido como um direito do cidadão e não uma caridade. Mas só em 1993 que houve a desvinculação das relações históricas e do clientelismo político e filantropia. Foram criadas leis e ministério para regular a assistência social como; LOS (lei orgânica de assistência) e o MPAS (ministério deprevidência social).
Houve também o processo de descentralização da responsabilidade social, estado e município assumem suas funções separadamente, porém de maneira unificada.
Através de estudos feitos com o filme tempos modernos e o texto serviço social e assistencial social no Brasil, deixa bem visível como ocorreu, a formação das classes sociais. Devido a má distribuição de renda e odesemprego surgi os graves problemas sociais como; desabrigados ,furtos e motins.E nesse processo é fundamental o trabalho realizado pelos assistentes sociais no inicio, com objetivo de conter os trabalhadores a favor dos burgueses,mas depois a assistência social é ampliada e passa a defender de fato o direito dos proletariados.Essa mudança foi fundamental para aperfeiçoamento do serviço social.
Mudarsignifica transformar, modificar, evoluir, crescer. A sociedade como todo desde os primórdios sofre mudanças, essas são impulsionadas por fatores social, ecológico e econômico.
Empurrados de forma esmagadora, migramos para onde é melhor para viver, crescer e atingir nossos objetivos. A mudança muitas vezes é inevitável, um exemplo disso foi o surgimento do capitalismo, e com ele a mudança de...
tracking img