Freios abordagem geral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1148 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal
de Minas Gerais

Treinamento Freios – BAJA UFMG

Rafael Botelho Fagundes
Gabriel Anderson Machado Pinto

Friction Circle
O conceito de círculo de fricção tornou-se popular nos anos 60 e ainda é importante hoje em dia como uma ferramenta de diagnóstico. Esta ferramenta pode ser usada com qualquer tipo de carro (ou caminhão) para representar graficamente capacidadede tração ou ajudar a identificar por que seu carro perdeu a tração.
O circulo de tração ajuda a entender o limite de tração do seu veículo e quais itens deverão ser ajustados .
A máxima tração alcançada pelos pneus pode ser descrita pela equação :
F = L x Cf (onde F é a força de tração, L é a carga ou peso sobre o pneu e Cf é o coeficiente de atrito para a borracha na superfície dosolo).

Ao invés de olhar para a força de tração da vista lateral do pneu, o círculo de fricção olha para a força de tração na área de contato. A ilustração abaixo mostra uma força para a direita, indicando que a força de tração está sendo usado para resistir ao movimento lateral.

Se todas as tração disponíveis eram para ser usados ​​na direção para trás,comodurante a aceleração, a seta força de tração seria apontar para a traseira como pode ser visto abaixo.

Porque a força de tração do pneu pode ser em qualquer direção, a seta força também pode apontar em qualquer direção. Então, agora imagine a seta força era a varrer 360 graus, como as mãos em um relógio. O limite da seta, então, descrever um círculo (veja exemplo abaixo).

Esta é a base dateoria círculo de fricção. O círculo é simplesmente um meio gráfico de ilustrar que a tração do pneu máximo pode ser desenvolvido em qualquer direção.

Aplicação básica da Teoria
Agora, imagine que você está dirigindo seu carro em uma linha reta e você pisar no freio até o ponto que as rodas quase travar. Os pneus estão agora no limite de sua tração e na seta no círculo de fricção seria apontandopara a frente e no limite do círculo.

Se você tentar virar o volante nesta condição, os pneus irão começar a deslizar, porque não há força lateral disponível. No entanto, se menos de freio foi aplicado para que a flecha vigor não atingir o limite do círculo, então um pouco de força de tração estaria disponível para transformar

Balanço de Frenagem –
 A relação deforça de frenagem distribuídos entre as rodas dianteiras e traseiras.

Travamento da dianteira perda do controle do veículo
Travamento da traseira instabilidade

Fading (disco e fluido)
O verbo to fade em inglês signfica desvanecer, sumir lentamente, e o substantivo fadingrepresenta desvanecimento, sumiço lento, esmaecimento. Ambos, verbo e substantivo, não têmcorrespondente exato português quando se trata de descrever a perda de eficiência, parcial ou total, do freios por efeito de superaquecimento.

Quando o freio é aplicado a energia cinética, ou de movimento, se transforma em calor, aquecendo o disco ou o tambor, e esse calor se irradia para os componentes do sistema, ou seja, o material de atrito - pastilhas ou lonas, respectivamente - ecilindros de freio, que são as pinças ou cilindros de roda (freio a disco ou freio a tambor).

O calor produz dois efeitos. Na parte hidráulica, eleva a temperatura do fluido; no material de atrito, diminui-lhe o coeficiente de atrito. A redução de atrito é que vai ocasionar o fading.

A maneira mais comum de retardar o aparecimento do fading é ventilar a superfície de atrito, seja disco ou tambor.Devem estar expostos à corrente de ar ou mesmo ser-lhes conduzido ar por algum tipo de tubulação. As aberturas das rodas contribuem também para a dissipação do calor.

No caso dos tambores de freio, eles se livram do calor mais facilmente se forem de alumínio e tiverem aletas de refrigeração. No passado, todo freio a tambor eficiente era assim constituído.
Todos os fatores iguais, a...
tracking img