Fluxo de caixa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 59 (14710 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


Existe a necessidade dos administradores de uma empresa saber como gastar ou investir o dinheiro que lhe foi confiado. Não existem gênios nas finanças, ou seja, ninguém consegue guardar todas as informações na cabeça, e por isso o máximo que podemos esperar é poder contar com um procedimento lógico e organizado de investigação do desconhecido, com o planejamento financeiro, emque se estabelece a diretriz, aspecto importante da operação da empresa, pois é o planejamento financeiro responsável em mostrar os caminhos, guiando, coordenando e controlando as ações financeiras da empresa, a fim de atingir seus objetivos.
A crescente complexidade do processo administrativo leva os gestores a buscarem, incansavelmente, alternativas para superar os desafios encontrados noseu dia-a-dia. A escassez de recursos financeiros e o elevado custo para sua captação, juntamente com a falta de planejamento e controle, têm contribuído para que muitas empresas encerrem suas atividades. Em épocas de crise, o gestor necessita de informações contábeis precisas e oportunas para apoiar o seu processo decisório.
O ambiente econômico adverso em que se insere a atividadeempresarial conduz a utilização de técnicas que permitem buscar o equilíbrio financeiro de um negócio, no sentido de se reduzir incertezas e maximizar a aplicação dos recursos.
Nosso objetivo no presente trabalho é mostrar que a administração de caixa consiste em uma técnica que visa determinar o nível de caixa necessário para cumprir os compromissos de curto prazo assumido, proteger a empresa dedemandas inesperadas de recursos e atender as perspectivas de uma oportunidade futura para fazer negócios, afinal, o dinheiro deve ser considerado como matéria-prima do qual se utiliza a empresa para levar a efeito a produção e manter em condições favoráveis a atividade operacional.
Este trabalho foi desenvolvido através de pesquisas em livros, periódicos e em sites de áreas financeira econtábil.






CAPÍTULO I

1. FLUXO DE CAIXA


O fluxo de caixa é um esquema que representa as entradas e saídas de caixa ao longo do tempo. Em um fluxo de caixa deve existir pelo menos uma saída e pelo menos uma entrada. Em uma operação financeira, ocorrem entradas e saídas de dinheiro e vice-versa. Um empréstimo implica receber dinheiro (entrada de caixa) em uma datae devolvê-lo posteriormente acrescido de juros (saída de caixa). Uma aplicação financeira implica desembolsar um valor (saída de caixa) para recebê-lo (entrada de caixa) após algum tempo, acrescido de juros. Essas operações são consideradas o fluxo de caixa. (HOJI, 2004. p. 88)


Devido às altas taxas de juros, a sobrevivência da empresa, muitas vezes, depende cada vez mais do grau deeficiência da gestão financeira. Para tanto, é necessário que todo e qualquer valor a receber seja bem empregado, sem perda de tempo.
Se os fluxos de caixa são otimizados, reduz-se automaticamente a necessidade do capital de giro, esse, portanto, é um exercício vital para as empresas brasileiras.
Uma vez programadas as necessidades financeiras e determinadas as fontes de recursos ondeserão captados, resta ao administrador financeiro à tarefa de distribuí-los de forma racional e adequada pelos diversos itens do ativo da empresa.
Toda a administração do ativo é importante, pois deve-se ter em mente os objetivos simultâneos da administração financeira: liquidez e rentabilidade.
Para que seja possível um pronto pagamento das obrigações de curto prazo, é necessáriomanter um saldo adequado de caixa, proceder às cobranças de valores a receber, dimensionar convenientemente os estoques e avaliar os demais itens do ativo, para que se tenha autofinanciamento do ciclo operacional da empresa.
Contudo, uma reserva excessiva de caixa é um desperdício. Tais recursos poderiam estar aplicados com maior proveito em outros itens do ativo. Igualmente, só se poderá...
tracking img