Fichamento a luta pelo direito

Acadêmica: Vanda B. Hoffmann

Autor: Rudolf Von Ihering, título: A Luta pelo Direito, 6ª edição – 1987, editora: Forense, 88 páginas.

O autor, neste capítulo introdutório, destaca a importânciado direito na defesa da vida, dos povos, do Estado, das classes, dos indivíduos.
Demonstra que a propriedade e o direito podem ser reparados de forma a conferir a um o prazer e a paz, e a o outro otrabalho e a luta, tendo então, duas faces.
Então, “a palavra direito como se sabe, emprega-se num duplo sentido; no sentido objetivo e no sentido subjetivo”. (cit. P.3). Sendo, no sentido objetivo, oconjunto de princípios jurídicos aplicados pelo Estado à ordem legal da vida, e o direito subjetivo, é a transfusão da regra abstrata no direito concreto da pessoa interessada.
Nesse, estudo, oautor mostra-se inclinado a dedicar-se ao estudo do direito subjetivo, sem esquecer-se, no entanto, do direito objetivo.
Manifesta, também, seu interesse na ordem jurídica, como meio de lutarincessantemente contra a anarquia.
Comenta a influência romana dentro do direito penal atual, e a importância das leis como aquela que liga as formas substanciais e o fundo do direito.
O autor combate odireito baseado ao interesse privado, e como meio para mudar isso, ele ressalta que é importante que o homem adquira consciência, para agir e buscar um direito justo.

Demonstra, também, que não é só nodireito subjetivo, mas, em todas as esferas do direito, a um choque de interesse, mas, quando o processo deixa de ser uma simples questão de interesse, e se transforma numa questão de dignidade e decaráter, o indivíduo passa adquirir respeito a si próprio.
Dessa forma, o interesse para consigo próprio, é um preceito para a conservação da própria moral, devendo, isso, atingir toda a sociedade,para que o direito se realize.

“A justiça tem numa das mãos a balança em que pesa o direito, e na outra a espada que serve para o defender. A espada sem a balança é a força bruta, a balança sem a...