Fichamento completo do principe de maquiavel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4425 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O Príncipe de Maquiavel
Essa obra é dirigida a um príncipeque esteja governando e serve para o aconselhar sobre a manutenção de seu governo de forma eficiente. A eficiência da forma de manter o poder e a manutenção do estado é a ciência política de Maquiavel.
O presente fichamentofoi feito do livro: Os pensadores – Maquiavel (traduzido por Olívia Bauduh) e o escrito se desenrola em XXVICapítulos.
A obra inicia com Maquiavel dizendo a quem elededica sua obra: Lourenço de Médici, filho de Piero de Médici.
Maquiavel inicia dizendo que os desejosos de agradar a um príncipe costumam dar-lhes presentes caros como cavalos, armas e tecidos. Quanto a ele depois de muito refletir, enviou a vossa excelência esse pequeno resumo.

‘’Embora julgue este trabalho indigno da atenção de vossamagnificência, confio, em função de sua humanidade, seja ele aceito, uma vez que não lhe posso dar maior presente do que a capacidade de aprender [...].

Maquiavel busca agradar Lourenço, e num ato de ‘’falsa humildade’’(minha opinião) diz achar indigno a atenção excelência mas que acredita na humanidade do mesmo e que não pode dar maior presente do que a capacidade de aprender.

No fim dadedicatória Maquiavel chama seu livro de ‘’singelo presente’’e de algum modo pede ao príncipe que o leia, dizendo que caso haja leitura do mesmo, a excelência verá que o objetivo dele é que o mesmo mantenha a grandeza, a fortuna e outros atributos que o anunciam.

Capitulo I

Nesse capitulo o autor trata de quantas espécies são os principados e quantos são os modos pelos quais se conquistam.Maquiavel inicia dizendo que todos os estados, todos os domínios que já houve e que ainda há, são e foram republicasou principados, esses muitas das vezes são hereditários ou novos, alguns são adquiridos pela fortuna ou pelo mérito.

Capítulo II
Dos principados hereditários
Nesse capitulo o autor começa por destacar que não se ocupará em tratar dasrepublicas e sim dos principados.
Maquiavel fala como os principados podem ser governados e preservados. O autor retrata quemanter um estado novo é mais difícil do que se manter um estado hereditário, pois quanto ao hereditário, tem se apenas a necessidade de conservar os procedimentos e depois os contemporizar com as situações novas.
No pensamento de Maquiavel, se um príncipe conquista determinadoestado e tenta mudar seus costumes, corre o risco de o povo revoltar-se contra ele, pois é de normal compreensão, afinal, ninguém gosta que alguém chegue e mude tais costumes ali presentes há anos. Tal atitude pode gerar conspirações apoiadas pelo povo. Deste modo, Maquiavelmostra que respeitando a cultura local, é mais fácil para se manterno poder; a menos que, como diz Maquiavel, uma força oderrube, mas, se isso ocorrer, poderá reconquistá-lo na primeira oportunidade oferecida.

Maquiavel parece partir da ideia de que um soberano não deve dar motivos aos seus súditos para odiá-lo, pois assim esses sempre o quererão bem. O autor parece querer dizer que ao não manter os costumes de um determinado principado, ao querer mudar os modos de vida do povo, o monarca acaba sendo visto como umdesrespeitador.

Capitulo III
Dos principados mistos

Maquiavel começa esse capitulo mostrando que a dificuldade encontra-se nos principados novos. Caso tal principado esteja unido a um estado hereditário pode se chamar de principado misto. As mudanças de tal local nascesempre do desejo de mudança, desejo de melhoria das pessoas. Segundo Maquiavel tais pessoas mudam com grande facilidade degovernantes esperando mudanças, que no pensar do autor, é sempre para pior.
Maquiavel acredita que todos aqueles que se sentem ofendidos pelo posto de tal individuo ocupar o principado, são inimigos, e que o príncipe não deve considerar como amigos aqueles que o ali colocou, pois o príncipe não pode os satisfazer como eles queiram.
‘’[...] a população da França, apercebeu-se de seu erro quanto...
tracking img