Feridas e curativos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1704 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FERIDAS E CURATIVOS


Ferida é o nome utilizado para designar qualquer lesão de pele que apresente solução de continuidade. Para prestar os cuidados adequados a alguém que apresente uma ferida, faz-se necessário conhecer o tipo de lesão, o padrão normal e os fatores que afetam a cicatrização. Um aspecto importante na abordagem do paciente que tem feridas é observar suas condiçõespsicológicas e oferecer-lhe apoio, muitas vezes, há necessidade de seu encaminhamento para outro profissional - como o psicólogo - pois, dependendo do local e aspecto da ferida, a sua auto-imagem pode estar seriamente comprometida - situação bastante comum, por exemplo, nos casos de vítimas de queimaduras. Numa abordagem mais simplificada, podemos agrupar as feridas de acordo com sua causa, época deocorrência e camada da pele lesada.
Quanto à causa, a ferida pode ser classificada como intencional, para fins de tratamento, como a incisão cirúrgica, ou não intencional, como as provocadas por agentes cortantes, como facas; perfurantes, como pregos; escoriações por atritos em superfícies ásperas; queimaduras provocadas por agentes físicos, como o fogo, e químicos, como os ácidos.Ainda nesse grupo, classificamos a úlcera de pressão (escara) causada por deficiência circulatória em pontos de saliência óssea, como a região sacra, que se desenvolve devido à compressão da pele e tecidos circunvizinhos com o colchão, em pacientes acamados e sem mobilidade. Pessoas diabéticas podem vir a desenvolver feridas ulcerativas também causadas por deficiência circulatórialocalizada em membros inferiores.
Quanto à época, a ferida pode ser aguda, quando sua ocorrência é muito recente, ou crônica, caso de feridas antigas e de difícil cicatrização.


Quanto à camada da pele lesada, a ferida é classificada em:
estágio I quando atinge a epiderme;
estágio II quando atinge a derme;
estágio III quando atinge o subcutâneo
estágio IV quando atinge o músculo eestruturas ósseas.

Logo após a ocorrência de feridas o organismo inicia o processo biológico de restauração e reparação dos tecidos lesados. As feridas podem cicatrizar-se por:

Primeira intenção quando as bordas da pele se aproximam e risco de desenvolvimento de infecção é mínimo
Segunda intenção, quando as bordas da pele não se aproximam e a ferida é mantida aberta até serpreenchida por tecido de cicatrização
Terceira intenção: quando a ferida não tem sido suturada inicialmente, as suturas podem romper-se e a ferida terá de ser novamente suturada.








Os fatores que influenciam a cicatrização de lesões são:


. idade - a circulação sangüínea e a concentração de oxigênio no local da lesão são prejudicados pelo envelhecimento, e o risco de infecção émaior;



. nutrição - a reparação dos tecidos e a resistência às infecções dependem de uma dieta equilibrada e aepisódios como cirurgias, traumas graves, infecções e deficiências nutricionais pré-operatórias aumentam as exigências nutricionais;


. obesidade - o suprimento sangüíneo menos abundante dos tecidos adiposos impede o envio de nutrientes e elementos celulares necessários àcicatrização normal;


. extensão da lesão - lesões mais profundas, envolvendo maior perda de tecido, cicatrizam mais vagarosamente e por segunda intenção, sendo susceptíveis a infecções;


. imunossupressão - a redução da defesa imunológica contribui para uma cicatrização deficiente;


. diabetes - o paciente portador de diabetes tem alteração vascular que prejudica a perfusão dos tecidos e suaoxigenação; além disso, a glicemia aumentada altera o processo de cicatrização, elevando o risco de infecção.



Curativo é o tratamento utilizado para promover a cicatrização de ferida, proporcionando um meio adequado para este processo. Sua escolha dependerá do tipo e condições clínicas da ferida.

Os critérios para o curativo ideal foram definidos por Turner, citado por Dealey:


1....
tracking img