Farmacologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1233 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Anais do 9º Seminário Anual de Iniciação Científica, 19 a 21 de outubro de 2011

EFEITO DO SUBSTRATO NA EMERGÊNCIA DAS SEMENTES DE Pentaclethra
macroloba Wild. (FABACEAE)
Monique Bezerra NASCIMENTO 1; Catiane das Chagas LIMA¹; Milton Guilherme da Costa
MOTA2; Christiane Almeida COSTA¹; Camila Beatriz LIMA¹

Resumo
Experimento em condições de viveiro da Universidade Federal Rural daAmazônia, para avaliar
diferentes tratamentos sobre a germinação da semente de Pentaclethra macroloba Wild (Pracaxi) procedeuse usando três substratos distintos. Foram utilizados três tratamentos, constituídos por (1) Terriço + Esterco +
Fibra de Dendê; (2) Terriço + Esterco + Caroço de açaí; (3) Terriço + Esterco + Areia . Observando a
porcentagem de emergência, tempo médio de emergência (TME) e avelocidade de emergência (VE). A
Emergência de sementes em cada substrato não foi afetada negativamente, nem positivamente pelo grau de
emergência.
Palavras-chave: emergência, pracaxi, avaliações.

Introdução
O Pentaclethara macroloba Wild,
vulgarmente conhecido como pracaxi é uma
árvore amazônica que tem um alto poder
terapêutico funcionando como planta medicinal
para cicatrização deúlceras e contra picadas de
insetos, as sementes servem de azeite de cozinha e
a madeira pode ser usada para a fabricação de
móveis, além do óleo que pode ser usado na
fabricação de cosméticos como: sabonetes e óleos
corporais.
Essa espécie pode ser usada também
como semente florestal visando o reflorestamento
de áreas, já que nossa região tem uma intensa
exploração extrativista, esse fato éuma
preocupação mundial devido à exploração
inadequada desses recursos que ameaçam a
extinção de muitas espécies de grande valor
econômico, como o mogno que é muito explorado
pela qualidade de sua madeira.
Buscando acrescentar conhecimento
com as pesquisas realizadas, este trabalho teve
como objetivo avaliar a influência de diferentes
substratos na emergência e no vigor de
plântulas depracaxi.

Material e Métodos
A pesquisa foi conduzida no Instituto de
Ciências Agrárias da Universidade Federal Rural
da Amazônia, em Belém, Pará (10º28’0”S,
480º27’0”W) em delineamento inteiramente
casualizado com três substratos e quatro
1

repetições. As parcelas foram submetidas a níveis
de sombreamento obtidos com tela de sombrite
50% a pleno sol ou nublado. A semeadura foirealizada em profundidade (0,1 cm), diretamente
em tubetes. As sementes foram submetidas a três
tratamentos, constituídos por: (1) Terriço +
Esterco + Fibra de Dendê; (2) Terriço + Esterco +
Caroço de açaí; (3) Terriço + Esterco + Areia.
As avaliações foram feitas a cada doze
dias contados a partir da semeadura, verificando
quais substratos foram mais eficientes. Foram
utilizadas dez sementes emcada repetição,
totalizando 40 sementes para cada substrato.
As instalações do viveiro possuem uma
área de 600m² com 2,5m de altura, com 20m de
comprimento e 12m de largura, possuindo um
sistema de irrigação por microaspersão que
funcionam em dois períodos do dia.
O poder germinativo foi avaliado através
da contagem das plântulas emergidas de doze em
doze dias durante três meses.
Osdados de emergência foram
submetidos a analise de variância (ANOVA),
seguida de comparação entre médias dos
resultados pelo teste de Tukey a 5% de
probabilidade.
Para o cálculo de porcentagem de
emergência, foi utilizada a fórmula:
E = (Ne/Ae) . 100
Em que:
E = porcentagem de emergência;

Acadêmicas do Curso de Agronomia da Universidade Federal do Rural da Amazônia; Bolsista doPIBIC-CNPq/UFRA;
E-mail: monikscarllat@hotmail.com.
2
Prof. Dr da Universidade Federal Rural da Amazônia; Av. Pres. Tancredo Neves, 2501. CEP 66077-901, Belém/PA.
Email:mota@amazon.com.br

Anais do 9º Seminário Anual de Iniciação Científica, 19 a 21 de outubro de 2011

Ne = número de plântulas emergidas na
sementeira;
Ae = número total de sementes colocadas para
emergir.
Para os cálculos de...
tracking img