Fadiga muscular

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1830 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Uma das principais características do sistema neuromuscular é a sua capacidade adaptativa crônica, uma vez que quando sujeito a um estimulo como a imobilização, o treino ou perante o efeito do envelhecimento pode adaptar-se às exigências funcionais. Da mesma forma, consegue adaptar-se a alterações agudas, tais como as associadas ao exercício prolongado ou intenso, sendo uma dasmais conhecidas o fenômeno habitualmente referido como fadiga muscular.
A fadiga muscular é dividida em central – quando afeta a parte nervosa da contração muscular e periférica – quando apresenta uma deterioração dos processos bioquímicos e contráteis do músculo.
A fadiga muscular tem-se revelado com um dos principais pontos investigados pela fisiologia do exercício uma vez que odesencadear da fadiga pode evitar lesões em pessoas que estão se iniciando na atividade física, como pode trazer prejuízos para atletas de performance uma vez que quando há um acúmulo de metabólitos, como resquícios de ácido láctico íons de H+ dentre outros, que ocorre durante atividade física intensa, provoca uma perda na performance. Entretanto, existem evidências de que o próprio aumento daconcentração de íons hidrogênio possa ter um efeito inibitório sobre os filamentos contráteis, incluindo a redução na sensibilidade da troponina ao íon cálcio.
A adenosina trifosfato (ATP) é a fonte imediata de energia química para a contração muscular. Como os depósitos intramusculares de ATP são pequenos, a regeneração contínua de ATP é fundamental para a manutenção da produção de força muscular duranteo exercício (2).
Desenvolvimento
Fadiga Central
A fadiga de origem central traduz-se na condução do impulso que promove uma redução do número de unidades motoras activas e uma diminuição da freqüência de disparo dos motoneurónios(1).
O mecanismo de fadiga central relaciona-se aos processos de formulação de padrões motores, transmitindo estes ao longo do córtex cerebral, cerebelo ejunções sinápticas a específicos nervos eferentes dentro da corda espinhal (3).
Os primeiros trabalhos sugeriram o estado de fadiga aguda a partir do SNC apenas o faziam quando não era observada nenhuma disfunção no músculo esquelético, assumindo que os “fatores psicológicos” eram os responsáveis pelo surgimento desse fenômeno, sendo normalmente caracterizados pela ausência de motivação, deatenção e a incapacidade de suportar o esforço físico, porém, estudos mais recentes têm observado o comportamento de alguns neurotransmissores responsáveis pelo controle das sinapses no encéfalo e na medula espinhal.
Trabalhos de diferentes autores constataram que, um aumento na concentração de serotonina (5-HT) no cérebro, durante o exercício físico intenso e prolongado, está diretamenterelacionado a um prejuízo na função do SNC. Com correspondente desenvolvimento da fadiga, e conseqüente diminuição do desempenho. Entretanto, os fatores que determinam as funções da 5-HT ainda não estão totalmente compreendidos, pois no SNC ela parece depender da localização, ao passo que, na periferia, talvez dependa dos seus níveis de concentração. O principal fator sugerido para o aumento dos níveisda 5-HT é a elevação dos elementos necessários á sua síntese como, por exemplo, os níveis de triptofano (TRP).
O triptofano é um aminoácido aromático essencial, tanto para homens como animais. Sua essencialidade não se restringe apenas á sua contribuição no crescimento normal e síntese protéica, mais também na regulação de importantes mecanismos fisiológicos, entre as suas diversas funçõestemos: precursor do neurotransmissor 5-HT, e sua influencia no sono, comportamento, fadiga entre outros.
Mecanismo da fadiga central durante o exercício
Durante exercícios sustentados pode ocorrer um aumento nos níveis de 5-HT cerebral em decorrência de uma maior utilização de aminoácidos da cadeia ramificada (ACR) pelo músculo esquelético e por uma elevação na concentração de ácidos...
tracking img