Facol

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1124 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O padrão IEEE 802.16, completo em outubro de 2001 e publicado em 8 de abril de 2002, especifica uma interface sem fio para redes metropolitanas (WMAN). Foi atribuído a este padrão, o nome WiMAX (Worldwide Interoperability for Microwave Access/Interoperabilidade Mundial para Acesso de Micro-ondas). O termo WiMAX foi criado por um grupo de indústrias conhecido como cujo objetivo é promover acompatibilidade e interoperabilidade entre equipamentos baseados no padrão IEEE 802.16. Este padrão é similar ao padrão Wi-Fi (IEEE 802.11), que já é bastante difundido, porém agrega conhecimentos e recursos mais recentes, visando a um melhor desempenho de comunicação permitindo velocidades maiores que 1 Gbit/s.O padrão WiMAX tem como objetivo estabelecer a parte final da infra-estrutura de conexão debanda larga (last mile) oferecendo conectividade para uso doméstico, empresarial e em hotspots
Crescimento econômico
A benefício crucial desse padrão WiMAX é a oferta de conexão internet banda larga em regiões onde não existe infra-estrutura de cabeamento telefónico ou de TV por Cabo, que sem a menor dúvida tem o custo mais elevado. Este benefício econômico do padrão sem fio para redes MANproporciona a difusão dos serviços de banda larga em países em desenvolvimento, influenciando diretamente na melhoria das telecomunicações do país e conseqüentemente no seu desenvolvimento.Segundo o relatório do CPqD, Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações, do ano de 2006, sobre o Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre, um dos requisitos para a implantação do SBTVD é acriação de um sistema WiMAX para todo o Território brasileiro. Segundo os dados deste relatório, para se estabelecer uma cobertura nacional (rural e urbana) são necessárias 2511 estações WiMAX (compostas de equipamentos de rádio, torre e antena) com um investimento total de apenas R$ 350 milhões de reais.
Wimax no Brasil
Em parceria com universidades, instituições e governos, a Intel liderou testesde WiMAX no Brasil, desde 2004, nas cidades de Brasília (DF), Ouro Preto (MG), Mangaratiba (RJ), Parintins(AM) e, mais recentemente, Belo Horizonte (MG). Até o final deste ano, a empresa promete começar a testar em São Paulo. Um experimento da rede WiMAX feito em 2005 por uma grande operadora de telefonia celular dos Estados Unidos teve um resultado pouco animador. Foram relatados problemas paraatingir os níveis esperados de transferência de dados, chegando apenas a um pequeno percentual dos níveis laboratoriais alcançados. Isso indica a falta de maturação da tecnologia. A Intel executou em Minas Gerais -- nas cidades de Belo Horizonte e Ouro Preto -- uma bateria de testes muitos satisfatória, sendo a bateria considerada uma "prova de fogo" devido ao relevo montanhoso dessas cidades. Umdos experimentos realizados foi a instalação de uma antena WiMAX em um furgão Volkswagen Kombi equipado com três computadores, na cidade de Ouro Preto. A Kombi manteve-se estacionada na Praça Tiradentes, principal praça da cidade, e premitiu-se que várias pessoas adentrassem o veículo e acessassem a Internet; os resultados obtidos indicaram grande sucesso do experimento, uma vez que a BSU (unidadede emissão do sinal) foi instalada na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) a uma distância considerável da Praça e para a qual não possui vista. Tais testes foram realizados com equipamentos na frequência 3,5GHz, considerados pré-WiMAX por terem OFDM com 254 portadoras. Atualmente, os equipamentos em Ouro Preto operariam na frequência 5,8GHz e com somente 32 portadoras, sem a possibilidade dereflexão. Porém, estes estão desligados há quase 1 ano por falta de assistência dos executores do projeto. Para Belo Horizonte, há previsão de que, no início do segundo semestre de 2007, toda a cidade estará coberta por uma rede da nova tecnologia.Outro local do Brasil onde foi instalado este tipo de tecnologia é Mangaratiba, RJ. Brasil Telecom, Vivo, Telefônica e várias outras empresas já...
tracking img