Evolucionismo social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2514 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O controle do grupo sobre os indivíduos se dá através da aplicação das normas e valores sociais.

Normas e valores: orientações para a conduta social e que prevalecem em um grupo social.

Os valores são responsáveis por noções coletivas que possibilitam aos indivíduos considerar/julgar as atitudes dos outros como “boas” ou “ruins”, “certas” ou “erradas”, “justas” ou “injustas”, comportamentosdesejáveis e indesejáveis

Dimensões das regras:
▪ caráter formal - que está relacionado com normas e leis.
▪ mais informais- que não estão registradas de forma escrita e que não precisam ser “estudadas” ou conhecidas pela escrita.

O conjunto de valores e regras de uma cultura está em constante transformação.
As mudanças podem resultar de dois fatores principais: internos eexternos

O processo de transformação de valores e regras pode gerar duas reações básicas no grupo social:
▪ Os que as aceitam, chamados de inovadores;
▪ Os que as rejeitam chamados de conservadores.

Etnocentrismo: é um conceito antropológico, que ocorre quando um determinado individuo ou grupo de pessoas, que têm os mesmos hábitos e caráter social, discrimina outro, julgando-semelhor, seja pela sua condição social, pelos diferentes hábitos ou manias, ou até mesmo por uma diferente forma de se vestir.

Relativismo cultural: aceitação do diferente (representada pelo relativismo).

Alteridade: nossa capacidade em nos relacionar com o “outro”. Alteridade (ou outridade) é a concepção que parte do pressuposto básico de que todo o homem social interage e interdepende de outrosindivíduos.

Globalização: fenômeno que coloca em contato constante um número cada vez maior de povos e pessoas do mundo todo (ex.: comércio exterior, turismo, etc).

Desenraizamento Cultural: uma cultura, com seus hábitos, símbolos e identidades coletivas, deixa de ter um único território, e se “desenraiza” para deixar influências em muitas outras que participam do processo de globalização.
Após-modernidade trouxe a possibilidade da migração dos símbolos culturais, de sua utilização em novos e originais contextos, provocando seu desenraizamento.

Evolucionismo Social: parte da idéia de que haveria uma “escala evolutiva” entre os povos. De acordo com esse pensamento, poderíamos encontrar povos/culturas “mais evoluídos” e outros “menos evoluídos”. O resultado óbvio foi o sentimentode superioridade de algumas culturas sobre outras, que justificou decisões políticas como invasões, extermínios e a prática da discriminação e do racismo. Esse pensamento partia do pressuposto que a cultura é determinada pela herança genética de uma população.
 
Ao recusar essas teorias, a antropologia substituiu o conceito de RAÇA (de base extremamente biologizante) pelo de ETNIA.

O conceitode “raça” mostra-se impreciso uma vez que tenta determinar divisões em uma espécie que é única: o ser humano. Raça é uma construção social, e não uma realidade biológica.
O conceito de etnia, contrariamente ao de raça, dá ênfase aos aspectos da herança cultural de um povo como forma de caracterizar a diferença de comportamento entre as várias populações humanas.

Evolucionismo social e poder:no século XIX, apesar da conquista de direitos pelos cidadãos europeus e norte-americanos, que viviam em democracias recém-criadas, os Estados nacionais, os povos de países onde o capitalismo não produzira a mesma riqueza permaneciam à margem desse processo.
O “evolucionismo social”, ou “darwinismo social” dominava as explicações científicas sobre a diversidade cultural.
Para os europeus, apopulação européia era “mais evoluída” culturalmente, por isso dominava grande parte do mundo. As populações nativas da América (povos pré-colombianos), África e Austrália eram os “povos primitivos”, e em uma escala intermediária, chamados de “povos bárbaros”, estariam as civilizações do Oriente Médio, Índia, China e povos orientais em geral.

A mudança histórica – relativismo cultural e direito...
tracking img