Etica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1208 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
| |  |  |
|[pic] |Escola Secundária Gabriel Pereira - Évora |  |
|[pic] |Escola Pluricurricular (400210)|  |
| |                                       EFA-NS |  |

UC 5 – Deontologia e Princípios Éticos

RA 3 – Ética e Desenvolvimento Institucional

Proposta de Actividade 2 – Capitulo Nono do Livro “Ética para Um Jovem” de Fernando SavaterFormadores:
Cármen Balesteros
Constantino Almeida

Formando:
Lília Ramalho












Índice

Introdução 3
Porque têm os políticos má fama? 4
Relacione e distinga ética e politica 5
A política determina a ética ou o contrário? Justifique a resposta. 6
De um ponto de vista ético, qual deverá ser a organização politica preferível? 7
Finalmente, apresente o seu ideal desociedade ética e politica. 8
Conclusão 9
Bibliografia 10




































Introdução


Tendo como base, o capitulo nono do livro “Ética para um jovem” de Fernando Savater, e expressando também a minha opinião pessoal sobre o assunto, este trabalho tem coo objectivo desenvolver – respondendo ás questões colocadas – o tema da ética inseridonum contexto politico e social.










































Porque têm os políticos má fama?


A má fama dos políticos começa pelo lugar que estes ocupam na sociedade, têm um grande destaque á vista do público e isso torna tudo mais visível, evidencia tudo, quer sejam defeitos ou qualidades, e claro que geralmente há sempre tendênciapara dar maior destaque aos defeitos. Também nunca serão igualmente tratados comparadamente a um desconhecido, seja por serem invejados ou temidos, e a sociedade nunca é muito compreensiva para com as personalidades de maior destaque, pois como diz o bom português: “Temos sempre tendência a rir-nos da desgraça alheia”.Os políticos caem em erro também, quando ao sentir-se pressionados pelasexigências da sociedade, que necessita de ter presente a possibilidade de um futuro promissor, fazem promessas que muitas vezes não podem cumprir, o que leva o público – que antes os aplaudia – a sentir-se novamente desacreditado nos políticos. Como diz no texto do capítulo nono do livro de Fernando Savater: “ Se confiássemos menos neles desde o princípio, não teríamos mais tarde que aprender adesconfiar tanto deles.

































Relacione e distinga ética e política


Em cada um de nós há um pouco de político, pois todos somos indivíduos integrantes de uma sociedade, todos temos a preocupação de viver bem e saber viver em sociedade. Esta é uma questão comum á ética e á politica: no caso da ética, aprendemos a escolher o que mais nosconvém para vivermos o melhor possível enquanto indivíduos singulares, e no caso da política, o objectivo é trabalhar o melhor possível a convivência social de modo a que cada indivíduo possa escolher o melhor para si, sendo também o mais benéfico para a sociedade. A ética encarrega-se do que a própria pessoa faz com a sua liberdade, já a politica tenta trabalhar da melhor maneira para o conjunto,para o que a sociedade faz com a sua liberdade. Para a ética o importante e querer bem, porque é aquilo que cada um faz por querer e não por se sentir pressionado pelos valores ou regras sociais, mas para a política o importante são os resultados do que se fez, não importa se foi por querer, por pressão social ou “bem parecer”, importa apenas que o resultado seja benéfico para a sociedade....
tracking img