Estudante

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 77 (19166 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL
ÁREA DE GEOTECNIA E ENGENHARIA DE FUNDAÇÕES Disciplina: FUNDAÇÕES Código: 101134

Professor: Erinaldo Hilário Cavalcante

Notas de Aula

FUNDAÇÕES PROFUNDAS Capítulo 7 – Capacidade de Carga e Recalque
Aracaju, maio de 2005

1.0 2.0 2.1 2.2 2.3 2.3.1 2.3.2 2.3.3

IntroduçãoCapacidade de Carga de Estacas Conceituação Básica da Capacidade de Carga de Estacas Isoladas O Conceito de Ruptura Métodos de Previsão de Capacidade de Carga de Estacas Fórmulas Teóricas (Racionais) para Resistência de Ponta Fórmulas Teóricas (Racionais) para a Resistência de Atrito Lateral Fórmulas Semi-Empíricas que Empregam o SPT

185 185
186 186 188 188 194

200 200
203 205 206

2.3.3.1Método de Aoki e Velloso (1975) 2.3.3.2 Método de Décourt e Quaresma (1978) 2.3.3.3 Método de Velloso (1981) 2.3.3.4 Método de Teixeira 2.3.3.5 Métodos para Casos Particulares de Estacas 2.3.4
Fórmulas Semi-Empíricas que Empregam o CPT

207 209 209 210 211
212 213 213 213 214 216 217 217 219 221 222 222 223 224 226 226 227 227

2.3.4.1 Método de Philipponat 2.3.4.2 Método de Holeyman 2.3.4.3Método de Almeida et al. (1996) - CPTU 2.3.5
Realização de Provas de Carga Estáticas

2.3.5.1 Prova de carga lenta (SML) 2.3.5.2 Prova de carga rápida (QML) 2.3.5.3 Montagem de uma Prova de Carga 2.3.5.4 Extrapolação e Interpretação de uma Curva Carga - Recalque 2.3.6 3.0 3.1 3.2 3.3 4.0 4.1 4.2 4.3 4.3.1 4.3.2 4.3.3 4.3.4
Recomendações Quanto ao Uso dos Métodos de Previsão de Capacidade de CargaCapacidade de Carga de Tubulões Comportamento dos Tubulões Tubulões a Céu Aberto Tubulões a Ar Comprimido Métodos Dinâmicos de Capacidade de Carga de Estacas Observação da resposta à cravação do sistema solo–estaca Sistemas de cravação de estacas Fórmulas Dinâmicas de Capacidade de Carga Fórmula Geral ou de Hiley Fórmula dos Holandeses Fórmula dos Dinamarqueses Fórmula de Brix

183

5.0 5.1 5.25.2.1

Estimativas de Recalques de Fundações Profundas Transferência de Carga e Recalque da Estaca para o Solo Métodos para Previsão de Recalques de Estacas Métodos Teóricos (Teoria da Elasticidade)

228 228 229 230 230 232 234 235 237 237 243 244 244 245 246 247 247 248 249 249 249 250 252

5.2.1.1 Método de Poulos & Davis (1968) 5.2.1.2 Método de Vésic (1969, 1975) 5.2.2 5.2.3 6.0 6.1 6.27.0 7.1 7.2 7.3 7.3.1 8.0 8.1 8.2 8.3 8.4 9.0 10.0
Métodos Semi-Empíricos Ajuste da Curva Carga-Recalque Procedimentos Gerais de Projeto Disposição das estacas em bloco Arrasamento da estaca Grupos de Estacas e Tubulões Capacidade de Carga de Grupo de Estacas Instaladas em Areias Capacidade de Carga de Grupo de Estacas Instaladas em Argila Recalque de Grupo de Estacas Recalque de Grupo deEstacas Instaladas em Areias Atrito Negativo Avaliação do Atrito Negativo em Estacas Isoladas Atrito Negativo Coeficiente de Segurança Prevenção do Atrito Negativo Atrito Negativo em Grupo de Estacas Exemplos de Aplicação Bibliografia Consultada

“A carga admissível de um estaqueamento (grupo de elementos isolados de fundação em estacas) é fixada por cada profissional que se julgue especialista nestetipo de fundação. O valor numérico por ele fixado decorre de sua experiência pessoal com aquele tipo específico de fundação naquela formação geológica, quando executado com o equipamento daquela firma especializada. Neste contexto fundação é uma arte e as decisões de engenharia dependerão da sensibilidade e experiência do artista. Neste caso, entende-se por experiência profissional o fato de terprojetado um estaqueamento para um determinado valor de carga admissível e ter tomado conhecimento posterior do seu comportamento sob ação deste tipo de carga em prova de carga estática. Se o comportamento foi satisfatório há tendência em se consolidar o valor adotado e até de aumentá-lo à medida que a experiência se acumula sempre com bons resultados. Se o comportamento foi deficiente a...
tracking img