Estagio supervisionado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5689 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE BANDEIRANTES DE SÃO PAULO
FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E ECONOMIA
CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CONTABILIDADE:
ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

Bruno Bacas
Diadema
2010

CONTABILIDADE:
ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

Relatório Parcial de Estágio Supervisionado, apresentado à Faculdade de Administração e Economia deAdministração da Universidade Metodista de São Paulo, no Curso de Ciências Contábeis, como pré-requisito para obtenção do título de Bacharel em Ciências Contábeis, sob a orientação da professora Drª Elizabeth Castro Maurenza de Oliveira

São Bernardo do Campo
2010

RESUMO

RODRIGUES, Tatiana Mischan, CONTABILIDADE: Análise das Demonstrações Contábeis. São Bernardo do Campo, 2010. Relatório Parcial deEstágio Supervisionado, Faculdade de Administração e Economia, Curso de Ciências Contábeis, da Universidade Metodista de São Paulo.

Este trabalho foi desenvolvido na organização Instituto Fonte para o Desenvolvimento Social sobre o assunto Análise das Demonstrações Contábeis, com o objetivo de fazer uma Análise Econômica Financeira da organização. Utilizando a metodologia de pesquisaBibliográfica, de Campo, etc.

INTRODUÇÃO

CAPÍTULO I – CARACTERIZAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO

Neste capítulo será apresentada toda caracterização da Organização, descrevendo sua fundação, história, evolução e serviços oferecidos.

História

O Instituto Fonte para o Desenvolvimento Social é a união, em 24 de outubro de 2002, de duas ONGs com a finalidade social e missão semelhantes. O InstitutoChristophorus e o F.O.N.T.E Instituto para o Fomento Nacional do Terceiro Setor.

O Instituto Christophorus foi fundado em 1973 por um grupo de empresários que se sentia satisfeito com o desempenho econômico das suas empresas, mas incomodado com o fato da pobreza ao redor das suas empresas persistir. A abordagem do Christophorus esteve sempre baseada na Pedagogia Social no Brasil.O F.O.N.T.E. foi criado em 1999 por um grupo de consultores a partir do estímulo de alguns líderes do Terceiro Setor. Surgiu da institucionalização de um projeto chamado Projeto DIES – Desenvolvimento Institucional de Entidades Sociais. O F.O.N.T.E. contribuiu para a formação de líderes e para o fortalecimento de organizações que hoje são influentes na sociedade, através de consultoria e novosprojetos, como o Gestão (uma reedição do DIES) e o Manuais. O Projeto Manuais gerou uma coleção de sete livros sobre gestão de organizações da sociedade civil que já está na sua 3ª edição e tornou-se uma referência bibliográfica fundamental no Terceiro Setor brasileiro.

Com a fusão, surge o Instituto Fonte para o Desenvolvimento Social, com maior abrangência de atuação e forçainstitucional. De 2002 a 2009, o Fonte idealizou e realizou os programas PISD (Programa Iniciativa Sociais e Desenvolvimento) Criadores de Possibilidades e Profissão: Desenvolvimento! Além dos Projetos Avaliação e Artistas do Invisível. Outra série de encontros gratuitos como os Diálogos em Espiral, realizado em parceira com a ONG FICAS e o Campo Social em Debate, ao lado de Diversos Grupos de Estudos e dasOficinas com o consultor sul africano Allan Kaplan foram criados como forma de apoiar profissionais de desenvolvimento.

Nos últimos quatro anos foram publicados livros com as editoras Gente, Global e Antroposófica. Com a Editora Peirópolis foi lançada a Coleção Tomamento, com o livro ”Artistas do Invisível – o processo social e profissional de desenvolvimento” de Allan Kaplan, traduzidopelo Instituto Fonte. O segundo livro de coleção, lançado em 2008, a versão em português da obra Process Consultation Revisited (Princípios da consultoria de processos), de Edgar Schein.

Ao longo da jovem trajetória estiveram ao lado de organizações formadas por profissionais de desenvolvimento que acreditam que colocar-se em desenvolvimento é um caminho para construir outras...
tracking img