Estagio do personalismo - wallon

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1244 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Este trabalho tem o objetivo de nos permitir conhecer a teoria do desenvolvimento de Henri Wallon e entendermos o ser humano em sua totalidade.
Henri Wallon nasceu na França, em 1879, participou da primeira e segunda guerra mundial, o que lhe proporcionou observar os reflexos sobre os processos químicos e reforçar a sua crença na justiça social. Formou-se em filosofia, medicina,psiquiatria e áreas ligadas a psicologia.
Wallon dedicou-se primeiro à psicopatologia e depois ao desenvolvimento da criança, entendendo à importância do estudo de sua origem para melhor compreendê-la.
Analisando suas observações e comparando as diferenças entre crianças normais e patológicas, Wallon identificou os vários estágios, criando sua teoria do desenvolvimento.
A teoria dodesenvolvimento foi dividida nos seguintes estágios:
- Impulsivo Emocional (0- 1 ano)
- Sensório motor e projetivo (1-3 anos)
- Personalismo (3-6 anos)
- Categorial (6-11 anos)
- Puberdade e adolescência (11 anos em diante)
Dentro desses estágios, destacamos neste trabalho o estágio do personalismo, que se estende dos três anos aos 6 anos de idade. É um período crucial para a formação da personalidadedo indivíduo e da autoconsciência. Caracterizada pela auto afirmação e pela consciência de si mesma.

Personalismo
Este estágio está voltado para a pessoa, para o enriquecimento do eu e da construção da realidade.
A consciência corporal, juntamente com a capacidade simbólica é condição fundamental para o processo de desenvolvimento da pessoa, para a tomada da consciência de si, para oprocesso de diferenciação eu – outro. Pode ser compreendida como o prelúdio da constituição da pessoa.
As aquisições são graduais e alternantes: da constituição do eu corporal para a constituição do objeto, e desta para a do eu psíquico.
Para se pensar a pessoa na psicogenética Walloniana, é preciso compreendê-la a partir da integração da inteligência, da afetividade e do ato motor.
A passagem doestágio sensório motor e projetivo para o personalismo exige uma alternância de função, uma subordinação da função da inteligência, para que o predomínio da afetividade possa, neste momento do desenvolvimento emergir e orientar o processo de constituição da pessoa. Essa constituição da pessoa é permeada por conquistas, conflitos, contradições e crises que aparecem e reaparecem ao longo dedesenvolvimento. Uma das crises mais visíveis é a puberdade.
No estágio do personalismo, a criança que até então se referia a si própria na terceira pessoa do singular começa a fazer uso constante do pronome pessoal na primeira pessoa, mostrando uma evolução na linguagem como o inicio da consciência de si, de seu processo de busca de afirmação e diferenciação.
Esse estágio é nomeado por 3 fases distintas:oposição, sedução e imitação.
Oposição – caracterizada pela necessidade de se auto afirmar, de impor sua visão pessoal, de se constituir e de se diferenciar do outro.
Essa fase foi denominada por Wallon de fase da recusa e da reinvidicação.
A distinção do eu e do outro é percebida primeiramente em relação aos objetos, com a criança expressando-se na forma do meu e do teu. Nesta fase acriança começa a ser capaz de duplicidade, de saber simular uma coisa para se conseguir outra, de mentir e usar a força para conseguir o que deseja.
Ao ser capaz de reagir a situações das quais se recorda ou de que prevê, a criança já começa a fazer distinção entre fantasias e a realidade, e sente muito prazer em misturá-los em seus jogos.
Sedução – A criança agora tem necessidade de ser admirada,de sentir que agrada aos outros, pois só assim poderá se admirar também.
Seus movimentos transformam-se pela maturação motora que ocorre nessa fase, podendo executar movimentos com perfeição. Ela se torna o centro de atenção infantil. Os não, não faço...ou não empresto, é meu...são passado; agora, é em um tom sedutor que expressa: ... olha como eu faço!, em busca de fazer valer seus méritos,...
tracking img